Uncategorized

Reduzir ministérios para conter gastos é demagogia, diz Moreira Franco

Moreira Franco, da SAE, não vê mudanças significativas no orçamento, mas diz em vídeo que gestão poderia melhorar com menos pastas

Em entrevista em vídeo ao iG, o ministro Wellington Moreira Franco, da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), classificou como demagógica a proposta de se reduzir pela metade o número de pastas do governo da presidenta Dilma Rousseff como forma de economizar gastos. A ideia é defendida pelo presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp (RO).

“Eu não acho que a relação seja essa. É uma mitificação e, com todo carinho e todo respeito, quase demagógica. Achar que isso vai resolver problema orçamentário. Não vai”, “O que eu acho que resolve é problema de governança, de gestão. Isso sim. Eu acho que essa discussão é preciso ter. Mas é uma avaliação exclusiva da presidenta da República”, completou o ministro da SAE.

3 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    Isso tudo é conversa para boi dormitar. Há uma enorme número de ministérios que são ministérios somente no nome, com um ministro extraordinário e sua secretária e equipe minúscula ocupando duas ou três salas de algum prédio caindo aos pedaços na esplanada. O problema são as centenas de milhares de cargos em comissão espalhados pelo país afora, aspones, dipones e chepones de todas as espécies, raças e gêneros, coçando a bolsa escrotal à larga e à custa da patuléia ignara. Me engana que eu gosto…

  2. Pode não resolver o problema orçamentário, mas que minimiza, ah minimiza!
    O Moreira Franco precisa fundamentar melhor esta posição dele, está muito rasa…

  3. O MF deve ter razão, já foi governador de estado. E sabe como é bom ter um montão de gente em quem mandar. ACarlos

Comente