Uncategorized

STJ só ouvirá Agnelo
em 2012

Do Poder Online

Nenhum dos 26 co-réus no inquérito que apura suspeita de corrupção envolvendo ongs do programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte, foi ouvido pelo Superior Tribunal de Justiça.

O juiz Marcos Vinícius Reis, designado pelo ministro Asfor Rocha para a fase de depoimentos, ainda estuda o processo para preparar as perguntas. A tarefa é árdua.

Só a partir dos próximos dias é que alguns serão convocados pela Justiça.

Como o Judiciário entra em recesso dia 20, é bem provável que, pelo andar dos trabalhos, o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, só deva ser ouvido em 2012 assim como o ex-ministro Orlando Silva.

1 Comentário

  1. ONGs, OSs, tudo criado para burlar a Lei de Responsabilidade Fiscal e a Lei de Licitação. Porque não readequar, corrigir essas Leis duma vez. Bom afinal como irão criar atificios para desviar verbas públicas?

Comente