Uncategorized

Governo elimina indicação política para cargos do Dnit

de André Borges do Valor Econômico

O Ministério dos Transportes decidiu fechar as portas das diretorias do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para indicações políticas. A partir de agora, as superintendências regionais e coordenadorias gerais da autarquia só poderão ser ocupadas por funcionários que integrem o próprio quadro do Dnit. A decisão também envolve as chefias de serviços de administração e finanças e de engenharia.

A diretoria colegiada do Dnit vai elaborar, em 45 dias, o documento que apresenta os requisitos mínimos de capacitação e qualificação que os servidores interessados nos cargos precisam ter. A decisão não é retroativa. Dessa forma, os cargos que estiverem ocupados serão gradativamente preenchidos pelos servidores na medida em que ficarem disponíveis.


Em 90 dias, segundo o Dnit, será elaborado um plano de desenvolvimento gerencial para a formação continuada de servidores que poderão ocupar os cargos.

A contratação de servidores internos era um pleito antigo dos funcionários concursados do Dnit. A autarquia sempre foi criticada por ser um dos principais destinos de loteamento político. Não por acaso, o Dnit foi o pivô dos escândalos de corrupção que envolveram a Pasta dos Transportes e levaram à queda do então ministro Alfredo Nascimento (PR-AM) em julho. Durante toda a crise, o PR foi acusado de fazer o loteamento das diretorias do Dnit.

4 Comentários

  1. Indignado pergunta: esta regra só se aplicará ao Dnit? Por quê não estendê-la aos demais ministérios? A surpresa poderá ser bem agradável. O que é preciso é extirpar este cancer que se instalou no Serviço Público, que são os cargos comissionados. O compromisso de todo comissionado é somente com o político que o indicou. E só com ele.

  2. Por falar em DNIT, pq os responsáveis pelo trecho de Irati à BR-476, não tiram as nádegas das cadeiras, e arrumam aquela rodovia, está uma verdadeira estrada do satanás, uma buraqueira enorme, tomem vergonha na cara e vão trabalhar, para a segurança dos usuários daquele trecho.

  3. Mirian Waleska Responder

    Pelo andar da carruagem comandada pela Dilmequetrefe, todos os cargos deveriam deixar de ser indicações políticas.

    Onde tem PT, tem corrupção.

Comente