Uncategorized

Pimentel ganha Medalha Ordem do Mérito da Defesa

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o governo federal ofereceu ontem (15) a Medalha Ordem do Mérito da Defesa a 270 personalidades e oito instituições que tenham desempenhado com distinção suas atividades e contribuíram com a defesa do país.

Entre os agraciados está o ministro Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), alvo de suspeitas de tráfico de influência por conta da atividade de sua consultoria.

Também recebeu a comenda o presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria), Robson Andrade, que contratou a consultoria de Pimentel quando estava à frente da Fiemg (Federação das Indústrias de Minas Gerais).

O ministro está em viagem ao exterior e o presidente da confederação não compareceu ao evento.

Outros ministros receberam a comenda, como Gleisi Hoffmann (Casa Civil), José Eduardo Cardozo (Justiça) e Ideli Salvatti (Relações Institucionais).

Além deles, foram agraciados dezenas de militares e políticos, como o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB) e o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT).

12 Comentários

  1. Vigilante do Portão Responder

    Defesa dos interesses DELE e do PT.

    As tais consultorias, são, na verdade, “filhotes” do esquema do Palocci , derivado do Mensa~lão.

    A idéia é “esquentar” contribuições de empresas e de empresários.

  2. Doutor Prolegômeno Responder

    Devia ganhar a ordem do mérito da defesa dos próprios interesses, no grau de mestre.

  3. Francamente – esse tipo de “comendação” deveria ser extinta, NADA REPRESENTA para uma nação que não tem a devida consideração por parte dos poderes constituídos em que a corrupção, o desmando e a incompetência verte escrachadamente pelos ladrões dos escaninhos públicos …

  4. . O que representa isso ??

    . Vejam a quem é entregue. Medalha da Ordem do Mérito da Defesa … que piada … rsrsrsr

    . Deveria o MPF entrar c/ ação de improbidade contra os responsáveis por isso …

    . Dinheiro público jogado no lixo …

  5. ESSA MEDALHA COMO COMENDA, PELO VALOR E O PASSADO DAS PESSOAS QUE A RECEBERAM, DEVE VALER MENOS QUE UMA “medalha de lata”.

  6. Sendo assim, a Medalha começa a perder o seu real valor. Chegará o dia em que tais homenagens nada mais significarão.

    Homenagear quem está nas manchetes como suspeito de tráfico de influência e verbas recebidas por palestras não dadas, é no mínimo cômico para não dizer ridículo.

    E mais: essa penca de ministros recebendo medalhas – do próprio governo que representam – com que mérito? Afinal, exercem cargo público e não fazem mais do que suas obrigações. Receber salário para serem eficientes, não?

    Onde está o verdadeiro mérito nisso? Personalidades altruístas, por certo, declinarão em receber esse tipo de honraria de qualificação duvidosa, pois pois?!

Comente