Uncategorized

Eleitores têm 30 dias para recadastramento
no TRE

Os eleitores de Curitiba tem apenas um mês para fazer o recadastramento biométrico do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR). O prazo se encerra dia 20 de janeiro de 2012. Cerca de 68% dos eleitores curitibanos já compareceram para fazer a atualização, o que representa mais de 915 mil pessoas.

Apesar de ainda faltarem 12% do total, o órgão acredita que deve conseguir cumprir a meta de 80% imposta pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até o final dos trabalhos, que terminam no dia 20 de janeiro.

Quem não fizer o recadastramento até o encerramento do prazo pode ter seu título de eleitor cancelado. Para obter o documento novamente, o eleitor tem que fazer um novo cadastro e ainda pode ter que arcar com uma multa, processo mais demorado e oneroso do que fazer o recadastramento, que leva cerca de dez minutos e é gratuito.

O órgão fecha as portas somente nos dias 24, 25, 30 e 31 de dezembro e 1º de janeiro, para as festas de fim de ano. O agendamento do horário de atendimento continua sendo feito pela internet. Caso o TRE não consiga atingir a meta de 80%, o Paraná corre o risco de que todo o recadastramento já realizado seja cancelado.

4 Comentários

  1. Por que vão fechar dias 24, 25, 30, 31 e 1º?
    Não podem ficar sem a champagne à beira-mar?

  2. Lanbari de valeta Responder

    Acredito que o TRE esta prejudicando muitos que não tem tempo ou esta fora desse processo obrigatório de votar,porque não usar as ruas das cidadanias e os terminais?tem pessoas que desconhece o assunto e acha que vai votar normalmente com o titulo,vai deixar muitas pessoas da terceira idade,desempregados e autonomos,e com esse prazo atropelado vai ser muito grande o numeros de eleitores sem condição de votar,nota 05.

  3. Viu dona Laila… Porque a senhorita não vai lá então pra trabalhar nestes dias 30,31 e 1º ???… Afinal, o que custa “ficar sem a champagne à beira-mar?”

    Um pouco de compreensão com os trabalhadores do TRE é bom e faz bem pra saúde 😉

    E para dúvidas que possam surgir…

    Eu não sou funcionário do TRE e de nenhum órgão do governo.

Comente