Uncategorized

Eliana Calmon recebeu R$ 421 mil de auxílio-moradia

Demorou mas veio forte. A retaliação sobre a corregedora nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon, do Conselho Nacional de Justiça, que andou fiscalizando juizes e desembargadores. Pois a turma ofendida vazou que ela recebeu R$ 421 mil de pagamentos de auxílio-moradia atrasados. O valor foi pago em três parcelas. Duas (totalizando R$ 226 mil) em 2008 e uma (R$ 195 mil) em setembro deste ano.

Esses pagamentos a membros do Judiciário foram fixados em 2000 pelo Supremo Tribunal Federal.

As informações estão na Folha de hoje. Embora legal, o recebimento de pagamentos atrasados de auxílio-moradia está no centro da polêmica atual no Poder Judiciário. Alguns juízes teriam recebido tudo de uma vez, o que seria irregular por ferir a regra da igualdade estabelecida à época da criação do benefício.

No caso de Eliana Calmon, as parcelas foram pagas, segundo a assessoria, “também aos ministros do STJ [Superior Tribunal de Justiça] que tinham esse direito, na mesma época, e segundo os mesmos critérios”. A corregedora nacional de Justiça está entre os 9 dos 33 ministros do STJ que receberam auxílio-moradia atrasados neste ano de 2011, segundo revelou a Folha nesta semana, num valor total de aproximadamente R$ 2 milhões.

No Supremo Tribunal Federal (STF), pelo menos dois ministros receberam pagamento de auxílio-moradia: Cezar Peluso e Ricardo Lewandowski. Ambos divulgaram notas oficiais sobre o atual episódio. Aqui, a de Pelulo. E aqui, a Lewandowski.

5 Comentários

  1. Tudo farinha do mesmo saco, pelo jeito todos estão envolvidos em recebimento lícito, porém imoral.

  2. Parreiras Rodrigues Responder

    Saberemos agora, por obra e graça da banda podre do Judiciário, que Adriana Calmon, quando criança, comia leite Moça às escondidas, e quebrava cofrinho prá comprar a revista Capricho.

    O coorporativismo dos togados que nos perdoem – ou será absolvam?, mas estribem-se em coisas mais volumosas para justificar os seus próprios erros – ou serão crimes?

  3. Voces leram? – MINISTROS DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL!! Onde muitos de nós pobres mortais e contribuintes, sequer poderemos um dia visitar!!! Quem escolhe os ministros?
    ACORDE POVÃO!!!

  4. Com o salarinho que ela ganha, está precisando mesmo.
    E que se expludam os cofres públicos.

  5. -Estava demorando para aparecer algum fato interessante sobre a ministra Eliana Calmon, pois estava atingindo interesses de pessoas altamente poderosas.
    -Quem aplica a lei, deve ser referência, deve ter a vida correta, as atitudes ilibadas….
    -Realmente uma vergonha este benefício, que embora legal, seja imoral!!!

Comente