Uncategorized

Esvaziar o CNJ é um retrocesso, diz Nelson Jobim

Em artigo ainda inédito, o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Nelson Jobim classifica como um retrocesso a tese que esvazia os poderes de investigação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), informa reportagem de Uirá Machado, publicada na Folha e S. Paulo desta segunda-feira.

No texto, que deve ser publicado na próxima edição da revista “Interesse Nacional”, Jobim diz que em nenhum Poder a necessidade de controle “é tão pronunciada quanto no Judiciário”.

1 Comentário

  1. Parabens Nelson Jobim………..quem nao deve nao pode temer fiscalização……………

Comente