Uncategorized

Senadora tenta no Supremo impedir posse de Jader Barbalho

Foto: Ag. Brasil e A. Estado

Marinor Brito quer cancelar reunião no Senado que deve resultar na posse.
Para advogado de peemedebista do Pará, pedido ‘não deve prosperar’.

A senadora Marinor Brito (PSOL-PA) pediu nesta terça-feira (27) ao Supremo Tribunal Federal (STF) o cancelamento da reunião da Mesa Diretora do Senado, marcada para esta quarta (28), que deve resultar na posse de Jader Barbalho (PMDB-PA) na vaga atualmente ocupada por Marinor.

Mesmo barrado pela Lei da Ficha Limpa, Barbalho recebeu na eleição do ano passado 1,8 milhão de votos, quantidade suficiente para ocupar uma das vagas de senador pelo Pará. Impedido de assumir, foi substituído por Marinor Britto, que obteve 727,5 mil votos.

Depois de um ano aguardando uma decisão da Justiça, o peemedebista foi liberado no último dia 14, pelo plenário do STF, para tomar posse como senador. A reportagem é de Débora Santos e Iara Lemos do G1.

1 Comentário

  1. Com tantos votos obtidos no Pará (1,8 milhão) o Jader tem direito de
    assumir o mandato… Pena que os eleitores do Pará tem memória “cur-
    ta” ou gosta mesmo é de “criador de rã” !!!

Comente