Uncategorized

Após cirurgia para retirada da vesícula, Michel Temer passa bem

O vice-presidente da República, Michel Temer, 71, passa bem após realizar uma cirurgia para retirada da vesícula, informou boletim médico do hospital alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo, nesta terça-feira (3). Ele permanece internado.

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, o vice-presidente chegou ao local ontem à noite, conforme agendamento prévio da cirurgia, após descoberta de pedras na vesícula no mês passado.

Ele desembarcou na capital paulista após período de descanso em Itacaré, na Bahia. Ele deve passar essa noite no hospital e ficar de repouso por três ou quatro dias, segundo estimativa da Vice-Presidência. A mulher de Temer, Marcela, o acompanha no hospital.

O médico responsável pelo procedimento é Albino Sorbello, doutor em cirurgia do aparelho digestivo e gastroenterologia.

Em setembro, o vice-presidente foi internado em São Paulo devido a uma intoxicação alimentar que evoluiu para um quadro de desidratação, de acordo com informações do Hospital Albert Einstein na ocasião.

A intoxicação ocorreu após Temer passar uma semana de férias em Natal (RN).

6 Comentários

  1. SERA..SERÁ QUE CHAVES ( PRESIDENTE DA VENEZUELA), SEM DEMERITO NENHUM AO CHAVES DA SÉRIE COMICA TINHA RAZÃO……QUANDO AFIRMOU QUE A DOENÇA NOS PRESIDENTES E VICES SÃO OBRA DOS ESTADOS UNIDOS, CRUZ CREDO, NÃO QUERO SER PRESIDENTE E NEM VICE.

  2. Meu Deus do céu! aqui em Pvaí conheço uma senhora q agendou uma cirurgia p retirar pedras na visícula vai p dois anos e até ontem na havia vaga na santa casa é mole. Ainda bem q no hosp. alemão Osvaldo Cruz o SUS funciona sorte do vice.

Comente