Uncategorized

Paulo Bernardo
volta às aulas

Do Estadão

Em uma sala do primeiro andar da Escola de Educação de Trânsito de Brasília um aluno ilustre assistia ontem, discretamente, à sexta aula do programa de reciclagem para motoristas que perderam a carteira. O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, há dois anos sem habilitação, decidiu aproveitar as férias para retomar o direito de dirigir. Na sua sala, a maior parte dos cerca de 50 alunos não sabia que o colega era ministro. O assunto virou piada quando os colegas entenderam quem era o senhor grisalho sentado na primeira fila. “Se até ministro tem aqui, a lei está funcionando. Quem sou eu para reclamar”, disse um dos presentes, arrancando risadas dos colegas.

Paulo Bernardo contou que perdeu a carteira há mais de dois anos, quando passou dos 30 pontos em infrações – o limite máximo é de 20 pontos. Ao ser notificado pelo Detran, entregou a carteira e, afirmou, não dirigiu mais. Em Brasília, usava o motorista do ministério. Em Curitiba, entregava a direção para sua mulher, a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann. “Tinha de fazer o curso, mas cadê tempo?”, disse. “Agora aproveitei as férias.” Ao sair do curso, pegou uma carona e fez piada sobre o colega que saiu do prédio do Detran dirigindo apesar de, obviamente, estar sem carteira.

Apertado em uma carteira pequena demais, o ministro parecia concentrado no que dizia a instrutora, mas reagiu com bom humor ao ser fotografado. Alguns colegas, no entanto, preferiram sair da sala para não correr o risco de aparecer em uma foto como infratores. A maioria também perdeu a carteira por excesso de pontos.

Paulo Bernardo reconhece que suas infrações são principalmente excesso de velocidade e falar ao celular enquanto dirige. Justifica que em Curitiba, sua cidade natal, a fiscalização é muito rígida. Tem certeza que alguns pontos não são seus, mas conta que não contestou e agora é tarde. “A responsabilidade é minha. E é melhor fazer logo do que tentar dar jeitinho. Isso nunca funciona”, disse.

O curso do Detran é feito em oito dias úteis de aulas, das 8h às 11h30. O motorista revisa as leis de trânsito, aprende sobre direção defensiva e tem noções de primeiros socorros. Ao final dos oito dias – Paulo Bernardo termina na próxima quarta-feira -, é preciso acertar 70% das 40 questões da prova. Se isso não acontece, há uma nova chance. Mais um fracasso e o motorista precisa fazer todo o curso de novo.

Paulo Bernardo não é a primeira presença ilustre na Escola de Trânsito de Brasília. Há quatro anos e meio, o campeão de Fórmula 1, Nelson Piquet, também foi pego fazendo o curso. Piquet tinha 128 pontos na carteira, de acordo com o Detran. Mas o piloto garante que seus mesmos eram apenas 28.

26 Comentários

  1. Comprindo com suas obrigações como qualquer simples cidadão, que bom se todos fossem assim…evitariamos o jeitinho brasileiro.

  2. antonio francisco da silva Responder

    que outros chamados” ilustres” sigam o exemplo.Pontos para paulo bernardo

  3. AKI NO PARANÁ É ASSIM MESMO Q FUNCIONA, O TUCANOS ESTAO LIBERADOS PRA DIRIGIR EM ALTA VELOCIDADE 190 KM/H, PODE DIRIGIR FALANDO AO SELULAR IGUAL A UM TAGARELA Q Ñ DA NADA. AGORA COLOQUE UMA CAMISA DO PT E SAIA DIRIGINDO PRA VER SÓ OQ ACONTECE, É MULTA A DOIDADO, EU É Q DIGO; RECEBI DUAS MULTAS SÓ PORQ EU ESTAVA USANDO A COMISETA DA DILMA,E Ñ FOI A PRIMEIRA VEZ Q FUI MULTADO, NAS ELEICOES PRA PREFEITO EU FUI MULTADO SÓ PORQ MEU CARRO TINHA O ADESIVO DO VANHONI, E COM CERTEZA O MINISTRO PAULO BERNARDO TAMBEM FOI VITIMA DA INDUSTRIA DAS MULTAS EM CURITIBA CUJO OS TUCANOS E QUEM COMANDA AS MULTAS, E MAIS, QUEM É Q GARANT Q O CLEBER SALAZAR O CHEFE DO ROBO DE COMBUSTIVEL NAO ESTA ENVOLVIDO? E Ñ ME DIGA Q Ñ TEM NADA AVER? Q TEM SIM! E ISSO AI É UM ESQUEMA PRA ESFOLAR OS PARANAENSES, PRINCIPALMENTE OS Q Ñ VOTAM PSDB, DEMO.

  4. sergio silvestre Responder

    Acho que deu chabu.
    O tiro saiu pela culatra,palmas para os comentários acima,pois de alguma forma nem tudo está perdido,esse governo federal é diferente de tudo que nós já vimos,parabens paulo bernardo.

  5. os tucanos e os demos não tem essa dignidade. eles dão os seus geitinhos para ???????????? documentos

  6. esse sim é exemplo para o Brasil, vai fazer o curso, enquanto outros tentam dar um jeito…

  7. Parreiras Rodrigues Responder

    Luizão imagina que usando camiseta da Dilma, se blinda.

    Paulo Bernardo perdeu pontos na carteira mas os recuperou junto à opinião pública.

    Valeu, ministro.

  8. Ano eleitoral, mas o que tem de se comentar é como ele atingui os 30 pontos, sendo que deveria ser exemplo, isto ninguém fala. Quer fazer média, faça certo.

  9. Vigilante do Portão Responder

    Caso minha memória esteja falhando, Paulo Bernardo estava dirigindo sem carteira?

    Ele ficou 2 anos SEM dirigir?

    DUVIDO.

  10. Qual o interesse publico de uma notícia desta a não ser promoção pessoal do Ministro, que deveria ter vergonha de anunciar que é um infrator das leis de transito.

  11. Altair Francener Responder

    Esse sujeito, deveria estar dirigindo com a carteira suspensa, agora vem fazer média com essa noticia…Vá se catar…

  12. hahaha, mas como brasileiro é ingênuo…O cara perdeu a carteira há dois anos e coincidentemente agora que estamos em ano eleitoral é que resolveu dar uma de bom moço…Por que não fez isso antes???Por falta de tempo???Ah vai contar essa história na cabeça desse povinho médiocre que se deixa levar por meia dúzias de baboseiras…É isso ai ministro, joga mais banana para os macacos que eles estão adorando!
    O irresponsável perde a habilitação por excesso de velocidade e por falar ao celular enquanto dirige e alguns desavisados acham que o cara está dando um belo exemplo!!!
    É o que dizem, cada nação tem os governantes que merecem…eita povinho medíocre.

  13. ESTAMOS DE OLHO Responder

    O LUIZÃO! Pensando dessa forma, você vai ter muito mais problemas na vida afora os que não sejam de trânsito!

  14. Altair Francener Responder

    E ainda quer a Itaipu, todo mundo quer, que o diga a esposa dele a sra Gleisi Hoffmann, ali é enriquecimento certo…

  15. Este ministro é um mal exemplo. Ministro que transgride lei deve ser banido de qualquer função de liderança neste País, Quem não é fiel no pouco, nuna será no muito. Podemos até admitir como dirigente do PT, porque lá prevalece o mais influente. O Rosinha e o Veneri sabem do que estou falando.

  16. salete cesconeto de arruda Responder

    KAREM!!!!!
    … e pensar que você ousa chamar outros de fanáticos!
    O que é isso guria?
    INTERNET tem leis. Aposto que não tens equipe de advogados para te defender como tem os donos de colunas, jornais, etc.
    Cuidado com os termos.
    Podes ser penalizada por calúnia, difamação… fanática ou não!
    Que dó!
    Que dó!

Comente