Uncategorized

Aeroportos superfaturados

Por Lauro Jardim — O Ministério Público Federal (MPF) acaba de dar mais um passo para que se puna um dos maiores escândalos de corrupção da década passada (e olhe que a concorrência nesse ranking é grande): aquele que envolve as obras de ampliação de dez aeroportos no primeiro governo Lula, superfaturadas, segundo a PF, em 1 bilhão de reais.

O MPF denunciou à Justiça Federal 56 envolvidos no esquema — uma turma que reúne toda a então diretoria da Infraero e executivos e controladores das maiores empreiteiras do Brasil.

Ao longo das 260 páginas do processo, há de tudo: de “práticas de crime para realização de fraude” nas licitações até peculato, passando por corrupção ativa e passiva. Um total de dezessete empreiteiras está envolvido.

Pela ordem, as três grandes acusadas são Odebrecht (163 milhões de reais), OAS (96 milhões de reais) e, com a medalha de bronze, a Carioca (79 milhões de reais).

7 Comentários

  1. O governo Lula foi um dos mais corruptos de todos os tempos, pelo menos é o que demontram até agora, nunca se roubou tanto neste país, apenas maquiaram para que não sobrasse para ele, e consegui, através de bolsa família e doação do dinheiro público a reeleição, no entanto, a maioria das pasta que ele deixou os ministros, levantou-se corrupção e das grandes. Abram seus olhos povo brasileiro.

  2. Tá comprovado que o lula roubou 1 bi e não acontece nada. Quero ver os petistas defenderem o luladrão.

  3. Vc está precisando consultar um oftalmlogista, Campana, ou contratar um revisor de textos. AEROPOROS é fodis…

    Não, só preciso de gente ocmo vc, que informa o erro e eu corrijo, obrigado.

  4. O que me causa inquietação é que o PT queria assumir o comando do país para moralizar a vida política e pública da nação.

    Seria uma nova ética na política, deixando a velha cultura da corrupção para trás, diziam os barbudinhos de então.

    No primeiro e segundo governos do PT a lama corruptiva teimava em subir a rampa do Palácio do Planalto.

    No atual governo, mais de meia dúzia de ministros já caíram, enquanto denúncias pipocam pra todos os lados…

    Será que eles se esqueceram de exercitar a ética, a moralidade pública, os bons costumes, o respeito ao cidadão pagador de imposto e por aí vai…

    Ou no palanque vale dizer qualquer coisa e dar por esquecido no dia seguinte? Será?!

Comente