Uncategorized

Manchetes deste domingo

– Globo: Movimentação suspeita no TRT-RJ foi a maior do país

– Folha: Aprovação do 1º ano de Dilma bate recorde de Lula

– Estadão: Brasil tem menos de 1% de domicílios na classe E

– Zero Hora: A vida depois da Febem: meninos condenados

– Veja: Passou dos limites?

– Época: A vida sem empregada

– IstoÉ: Falha humana

– IstoÉ Dinheiro: 1 bilhão em 7 anos

– CartaCapital: Espaço para todos

– Exame: Uma viagem bilionária

2 Comentários

  1. Globo: Movimentação suspeita no TRT-RJ foi a maior do país

    VERDADEIRA PALHAADA, TER QUE ENFRENTAR FILA DE 3 KM DEBAIXO DO SOL A 30 GRAUS CELCIUS!

    PALAÇADA!PALAÇADA, SIM SENHOR!

  2. salete cesconeto de arruda Responder

    VIVA LULA!
    Segundo todos os terapeutas os PAIS só são bons de verdade quando os filhos conseguem ser MELHORES do que eles próprios.
    Assim sendo o LULA é mesmo SÁBIO!
    Escolheu e preparou a FILHA AMADA para ser melhor que ele.
    Tempo de SER FELIZ – DE NOVO!
    Quantos políticos fizeram sucessores melhores do que eles como fez e faz o LULA?
    SALVE O POVO QUE APRENDEU A ESCOLHER O MELHOR ENTRE OS SEUS. POVO QUE NÃO VOTA NO CANDIDATO DA GLOBO E DOS SEUS ALIADOS DO PIG
    E viva a blogosfera que derruba no caminho os que se dizem imprensa livre mas que na verdade só matam de vergonha os coleguinhas que ainda por lá resistem.
    Bial que o diga!
    Está com cara de bobo da corte.
    O Zeca do nada fantástico ainda aguenta. Mas já se tornou independente escrevendo livros. Quanto tempo ainda vai ficar por lá? A Fátima se mandou para variedades. Só o Bonner ainda se presta a porta voz do circo de maldades e de ESTUPROS ao vivo que dizem agora – não era. Era apenas um jovem NEGRO numa situação de bêbado fazendo o que a produção mandava. Mas aí alguém não gostou e então a PRODUÇÃO lavou as mãos pois o rapaz não era filho de artista famoso, rico ou de político conhecido
    Pois é.
    B em feito para quem assiste
    B oa M isso não é
    B undas e do Bial os chistes é isso que a globo é.

Comente