Uncategorized

Encontrado esconderijo da “gangue do maçarico”

Uma casa localizada no bairro Parque dos Lagos, em Colombo, na Região
Metropolitana de Curitiba, pode ter sido utilizada como esconderijo
dos assaltantes que integram a “gangue do maçarico”, responsável pelo
roubo de diversos caixas eletrônicos em Curitiba e Região. O imóvel
foi descoberto na madrugada desta terça-feira (24) pela Polícia
Militar (PM).

De acordo com informações da sala de imprensa da PM, os policias
ficaram desconfiados após avistarem, no imóvel, três veículos com
placas de Santa Catarina – estado de origem da gangue, segundo apontam
as investigações.

Na casa, foram encontrados três veículos – um GM Celta de barra Velha,
um GM Vectra, de Timbó e um Nissan Tida de Joinville – e dentro deles
materiais usados neste tipo de roubo como maçaricos, pés de cabra,
cabos de aço, lonas, adesivos e dois radiocomunicadores.

Todo material foi encaminhado para a Delegacia de Furtos e Roubos
(DFR), de Curitiba, que integra a Força-Tarefa, junto com a Polícia
Militar, formada para descobrir os autores dos roubos a banco
realizados na Grande Curitiba. Só neste ano já foram 16 ataques a
caixas eletrônicos.

O delegado Guilherme Rangel, adjunto da DFR, ainda não tinha mais
informações sobre esta apreensão, nem quis dar maiores informações
para não atrapalhar as investigações . Ele garantiu, no entanto, que a
descoberta da casa em Colombo não aconteceu por acaso. “É a força
tarefa começando a surtir efeito”, afirmou.

A informação de que três integrantes da gangue teriam sido presos na
madrugada, divulgada pela rádio Banda B, não foi confirmada pelo
delegado, nem pela Polícia Militar, tampouco pela Delegacia do Alto
Maracanã, em Colombo.

Segundo a rádio Banda B, a PM teria descoberto a casa de Colombo
quando tentava localizar um rapaz que tinha roubado, pouco antes, na
Estrada da Ribeira, a motocicleta de um sargento da PM. Na casa,
segundo a Banda B, a PM teria detido Jonatan Fustione Vinhares, de 19
anos, e mais duas mulheres. Os três teriam sido encaminhados à
Delegacia do Alto Maracanã.

8 Comentários

  1. ricardo crovador Responder

    A PM tinha de ter sido avisada que a casa estava sob campana. Com a precipitação os caras ganharam o mundo.

  2. João R. Mansur Responder

    Ainda bem que a vítma do roubo da motocicleta era um sargento da PM.
    Senão estaria tudo como dantes.

  3. Vigilante do Portão Responder

    Aperta que esles dão o serviço.

    Mostra a “conta da Sanepar ou da Copel”…

  4. Vcs estão colocando noticia falça este rapaz não tem nada a ve com td isso é apenas um laranja

  5. E.. fabio não vão encontrar, a Camara de curitiba não faz licitação, faz apenas o cheque e de preferencia pra esposa, ou parentes mais próximos, rsrsrsrsrsr

  6. ele nao é um laranja se nao nao estaria junto …todos tem culpa inclusive o que deixaram na mao morrendo sozinho no barranco peidndo ajuda pra os outros assaltantes

  7. qm sofre com isso agora é a familia a mulher.por mais que ele seja um bandido ele era um ser humano.é melhor esta preso e saber q vai sair do que esta morto e nao saber que nunca mais vai voltar

Comente