Uncategorized

Bombeiros não têm mais esperanças de encontrar sobreviventes no Rio

Vladimir Platonow da Agência Brasil

O secretário estadual de Defesa Civil e comandante do Corpo de
Bombeiros, Sergio Simões, admitiu hoje (27) à tarde que não há mais
esperança de que sejam encontrados sobreviventes do desabamento dos
três edifícios que desabaram no centro do Rio. Onze corpos já foram
retirados dos escombros: cinco mulheres, quatro homens e dois sem
identificação.

“Embora a cultura do Corpo de Bombeiros seja movida pela esperança,
pela motivação, em razão do cenário que a gente está verificando e
pelo tempo passado do acidente, eu preciso dizer que a gente não
trabalha mais com a possibilidade de sobreviventes”, disse Simões.

A expectativa é que mais corpos sejam retirados esta tarde, pois as
equipes de resgate conseguiram chegar ao local onde estava reunido um
grupo de funcionários de uma empresa que funcionava em um dos
edifícios que desabaram.

“Nós chegamos na parte onde já imaginávamos que houvesse o maior
número de pessoas. Estamos na caixa das escadas e nossa expectativa é
que haja um número maior de corpos nesse espaço. O que nos faz pensar
que as pessoas tentaram sair pela escada. Todos estão próximos.”
Simões disse que espera concluir até domingo o trabalho de resgate nos
escombros dos prédios.

1 Comentário

  1. salete cesconeto de arruda Responder

    Em Curitiba Fábio tem uma carrada de REFORMA que começa sem alvará. Quem responde se um MURO – por exemplo – IMENSOOO – cair sobre nossos filhos?
    E as casas que parecem construção nova mas dizem que é reforma?
    Não seria melhor primeiro exigir a documentação para depois liberar o tal alvará?

Comente