Uncategorized

Defesa de Carlos Simões pede habeas corpus

Mandado de prisão foi reiterado por juiz pela paralisação do processo.

Vinícius Sgarbe Do G1 PR

A defesa do ex-deputado do Paraná Carlos Simões entrou com pedido de
habeas corpus no Tribunal de Justiça (TJ) do estado nesta sexta-feira
(27).

Simões foi preso preventivamente na última quinta-feira (26), pela
Polícia Militar, por não ter sido localizado nos endereços que
informou no processo que responde por peculato. Um mandado foi
expedido no fim de 2011, mas não tinha sido cumprido.


Em um novo mandado, deste ano, o juiz da 9ª Vara Criminal Cesar
Maranhão de Loyola Furtado considerou que, pelo ex-deputado ser uma
pessoa conhecida e acessível, era possível cumprir a ordem, que foi
reiterada. O processo da investigação de um esquema de desvio de
salários do legislativo estava parado porque Simões não tinha sido
ouvido pela Justiça.

De acordo com o TJ, é provável que Simões seja solto depois de ser
ouvido. Porém, a Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp)
informou que até o fim desta tarde ele ainda estava preso no Centro de
Triagem 2, em Piraquara, na Região Metropolitana.

4 Comentários

  1. JUSTIÇA SEJA FEITA, MAS, FALTA PREFEITOS, EX PREFEITOS, EX DEPUTADOS, DEPUTADOS,

    EXEMPLO PREFEITO DE CIANORTE, EDNO GUIMARAES,

    PREFEITO DE CAMPO MOURAO, NELTON TUREK

    CADEIA NELES, CADEIA NESS ATURMA

  2. Preso por pura incompetencia de sua assessoria, que ao que tudo indica não informou no processo o seu correto endereço. Como dizem que a Justiça é cega, acabou sendo escrita por linhas tortas. Portanto, acabará sendo razoável a concessão de HC a seu favor, pois facilmente se colocará a disposição dos magistrados o seu atual endereço. É aguardar o final do procesos, com a decisão de mérito, que esperamos redunde em novo mandado

  3. Quanto a prisão, ironia do destino. Ele tomava o dinheiro dos assessores e eles esqueceram de atualizar o endereço do deputado. Motivo único da prisão. Portanto senhores deputados, lembrem de atualizar pessoalmente os seus endereços, pois os assessores pilhados podem se esquecer.

  4. É SEJA QUEM FOR DEVE DINHEIRO PÚBLICO, TEM QUE (PAGAR DEVOLVER) E SE ACERTAR COM A JUSTIÇA..Á LEI É PRA TODOS..INDIFERENTE DE COR E CRÉDOS;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;

Comente