Uncategorized

Dois políticos de Londrina na Operação Gafanhotos

O prefeito de Londrina, Barbosa Neto (PDT), e o deputado federal André Vargas (PT) estão na lista atualizada de investigação da Operação Gafanhotos, conduzida pela Polícia Federal que apura denúncias de peculato, estelionato e sonegação fiscal.

A relação dos investigados tem 11 deputados estaduais, quatro deputados federais e três prefeitos de municípios paranaenses, além de ex-parlamentares acusados de participar do esquema na Assembléia Legislativa do Paraná.

Segundo informações da rádio Band News Curitiba, que teve acesso ao pedido de informação do delegado da Polícia Federal, Igor Romário de Paula, enviado para Casa em maio de 2011, o ofício requer informações sobre 61 deputados e ex-deputados.

O documento ainda informa que houve um pedido de informação em 2008, ano do início das investigações, que não foi respondido pela Assembléia. Além disso, o delegado solicitou informações sobre o cargo, data de admissão e demissão e vencimentos de centenas de funcionários.

A lista dos atuais deputados estaduais é composta por Ademir Bier, Elton Welter (PT), Ademar Traiano (PSDB), Caíto Quintana (PMDB), Waldyr Pugliesi (PMDB), Nelson Garcia (PSDB), Edson Praczyk (PRB), Mauro Moraes (PSDB), Reni Pereira (PSB), Nereu Moura (PMDB) e Cleiton Kielse (PMDB).

A relação também tem o ex-governador Orlando Pessuti (PMDB), o presidente da Urbs, Marcos Isfer (PPS), o vereador Algaci Túlio (PMDB) e o conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná, Hermas Brandão (PSDB), presidente da Casa na época.

Preso recentemente e liberado após pagar fiança de mais de R$ 90 mil, o ex-deputado Carlos Simões aparece quatro vezes na lista sob a suspeita de desvio dos salários de 18 funcionários.

Além disso, 16 funcionários do gabinete do ex-deputado Antônio Carlos Baratter recebiam os vencimentos em uma mesma conta. (Com informações da Band News Curitiba)

24 Comentários

  1. alem destes teus desafetos,pois nao sao tucanos,tambem temos varios amigos do governador(Traiano,Rossoni,etc)podemos cita-los ou nao?

  2. Boa Tarde.
    Deveriam de divulgar todos esses nomes para a população, para que nas proximas eleições o povo paranaense não votasse para eles.

  3. ALGUÉM PODIA LER ESTA MATERIA PARAR ESTE SER, JURANDIR ROSA – LONDRINA-PARAN, O ANALFABETO ACHA QUE OS POLITICOS DE LONDRINA SÃO SANTOS Ô COITADO, SE OLHAREM AINDA É CAPAZ DE ACHAREM OS BELINTI, PAI, MÃE E FILHOS FORAM DEPUTADOS ESTADUAL

  4. O novo PSD de Kassab também está contemplado no Esquema Gafanhoto, através do Prefeito cassado de Campo Mourão, Nelson Tureck (ex-PMDB) que era Deputado Estadual pelo PSDB na época. Tureck é pai da Deputada Estadual Marla Tureck (ex-PSC e agora no PSD). O partido do Kassab já iniciou bem pelos novos membros…

  5. allisom estevam cordeiro Responder

    eu particularmente fico P….da da cara com os comentarios aqui postados vejo de forma bem clara que sao ex, candidatos que tentaram ser alguma coisa e nao consequiram na politica ai se fazem indigninados criticando o trabalho de quem foi eleito e esta trabalhando ou seja sao verdadeiros fracasados politicaos….que.feio bando de invejosos.

  6. E O ANDRÉ VARGAS AQUI DIZENDO QUEM É MELHOR PARA CANDIDATO PARA CURITIBA…EU MEREÇO..SÓ TINHA QUE ESTAR A SERVIÇO DA SRA GLEISI..ELES SE ENTENDEM!

  7. O blog é seu e também é seu o direito de censurar os comentários que discorda da sua linha de interesse… Como diria um certo Capitão Rodrigo Cambara: “buenas e me espalho, nos pequenos dou de quina e nos grande dou de talho”.
    Lembre-se que vc também já esteve do lado do Requião Campana… Agora vc esta do lado do Beto Trapalhão (esse cara, além de não ter feito nada até agora, só faz trapalhadas: primeiro foi o erro de digitação do tarifaço agora o mesmo é desmoralizado, desmoralizando junto a assessora jurídica desse governo… Por que vc não tenta uma entrevista com o Procurador Geral do Estado para ver qual vai ser o dolangue sobre o assunto?

  8. Deputado, prefeito, que ficar sabendo de esquema tem que denunciar, e não entrar no esquema … VAGABUNDOS

  9. A PF chegou até o nome dos 63 deputados e ex-políticos depois que solicitou à Assembleia e a instituições bancárias a relação de funcionários que recebiam salários numa mesma conta bancária. O levantamento revelou que em apenas 74 contas eram depositados os vencimentos de 450 funcionários – média de seis servidores. A partir desta informação, a PF identificou os gabinetes a que essas pessoas estavam ligadas e chegou ao nome de 63 políticos. Para cada conta suspeita, a PF abriu um inquérito policial. A lista completa dos investigados consta dos seguintes nomes:
    Antônio Toti Colaço Vaz (ex-deputado estadual e ex-prefeito de Irati); Elza Correia (ex-deputada estadual e ex-vereadora em Londrina); Natálio Stica (ex-deputado estadual e ex-vereador em Curitiba); Ratinho Júnior (deputado federal pelo PSC e ex-deputado estadual); André Vargas (deputado federal pelo PT, ex-deputado estadual e ex-vereador em Londrina); Luiz Nishimori (deputado estadual pelo PSDB); Mauro Moraes (deputado estadual pelo PMDB e ex-vereador em Curitiba); César Seleme (ex-deputado estadual); Cleiton Kielse (deputado estadual pelo PMDB); Felipe Lucas (deputado estadual pelo PPS, ex-vereador e ex-prefeito de Irati); Cezar Silvestri (deputado federal pelo PPS, ex-deputado estadual e ex-vice-prefeito de Guarapuava); Vanderlei Iensen (ex-deputado estadual e atual diretor-presidente da Celepar); Algaci Túlio (ex-deputado); Antônio Carlos Barater (ex-deputado); Antônio Carlos Belinati (ex-deputado estadual, PP); Arlete Caramês (ex-deputada); Eli Ghellere (ex-deputado estadual e ex-prefeito de São Miguel do Iguaçu, PDT); Luiz Fernando Ribas Carli (ex-deputado estadual e atual prefeito de Guarapuava); Hermas Brandão (ex-deputado e atual presidente do TC); Hermes Fonseca(ex-deputado e atual diretor administrativo da Sanepar); José Maria Ferreira(ex-deputado e atual prefeito de Ibiporã); Luiz Carlos Alborghetti (ex-deputado); Luiz Carlos Zuk (ex-deputado); Marcos Isfer (ex-deputado e atual presidente da Urbs); Moysés Leônidas (ex-deputado); Neivo Beraldin (ex-deputado); Nelson Tureck (ex-deputado e atual prefeito de Campo Mourão); Padre Paulo Campos (ex-deputado); Renato Gaúcho (ex-deputado); Ricardo Maia (ex-deputado); Sérgio Spada (ex-deputado); Tiago Amorim (ex-deputado já falecido); Tony Garcia (ex-deputado); Ademir Bier (ex-deputado); Basílio Zanusso (ex-deputado); Custódio da Silva(ex-deputado e ex-vereador de Curitiba); Divanir Braz Palma (ex-deputado); Nelson Bernardino Dal Santos (ex-deputado); Geraldo Cartário (ex-deputado); Ricardo Chab (ex-deputado); Serafina Carrilhoe (ex-deputada); Waldir Leite (ex-deputado); Ademar Traiano (deputado estadual, PSDB); Antônio Anibelli (deputado estadual, PMDB); Barbosa Neto (deputado federal e ex-deputado estadual, PDT); Caíto Quintana(deputado estadual, PMDB); Carlos Simões(deputado estadual, PR); Edson Praczyk (deputado estadual, PRB); Edson Strapasson(deputado estadual, PMDB); Elton Welter(deputado estadual, PT); Hidekazu Takayama(deputado federal e ex-deputado estadual, PSC); Jocelito Canto(deputado estadual, PTB); Luciano Ducci (ex-deputado estadual e vice-prefeito de Curitiba); Nelson Garcia (deputado estadual licenciado e secretário estadual do Trabalho, PSDB); Nereu Moura(deputado estadual, PMDB); Orlando Pessuti (vice governador e ex-deputado estadual, PMDB); Pedro Ivo Ilkiv (deputado estadual, PT); Reni Pereira (deputado estadual, PSB); Waldyr Pugliesi (deputado estadual, PMDB); Chico Noroeste (deputado estadual); Luiz Fernando “Litro” da Silva (deputado estadual PSDB); Edno Guimarães(ex-deputado estadual do PMDB). Fonte:ttp://politica.horahnews.com.br/2009/04/aumenta-nuvem-de-gafanhotos-na.html

  10. Carlos Eduardo Responder

    Campana
    Divulgue o nome de todos os envolvidos e não somente os do PT e PDT
    Tem peixe grande nessa lista….

  11. antonio carlos Responder

    hahahah assim você mata a gente, só de ler o tamanho da lista dos gafanhoteiros quase fiquei cego. Cara você acredita em Papai Noel ou coelhinho da Páscoa? Não né nem eu. S for por toda esta renca na cadeia vão ter que construir um presídio novinho só pra abrigar esta galera. E tem que ser de segurança máxima, só administrado por robôs, porque os caras são capazes de corromper até o mais honesto dos honestos. ACarlos

  12. Pitanga assustada Responder

    O ANDRÉ VARGAS DO PT? AMIGÃO DO PREFEITO ZAMPIER? IMPOSSÍVEL ESSE POLÍTICO SER DESONESTO,O ZAMPIER JURA DE PÉ JUNTO QUE ELE É INOCENTE.

  13. Carlos Tavares Responder

    Estou decepicionado com esses políticos.Mas diz o ditado- Diga-me com quem andas e eu direi quem tu és. Sabedoria popular.

  14. DR. ABBOUD LAHDO Responder

    NOBRE AMIGO :

    O CNJ IGNORA O QUE PASSA NA JUSTIÇA. ENTÃO É DE SE PERGUNTAR, ESTARIA O CNJ CUMPRINDO O SEU PAPEL, OU APENAS VIVENDO DE APARENCIAS E A CORRUPÇÃO CONTINUA CADA VEZ MAIS PROFUNDA?

    AJUDE A DIVULGAR

    É BOM CONHECER UM POUCO DA JUSTIÇA:
    É BOM VERIFICAR AS DENUNCIAS DO DR. ABBOUDLAHDO NO YOU TUBE SOBRE A JUSTIÇA NO BRASIL

    http://youtu.be/2iiYgdZOipw

    http://youtu.be/GbNAtPRd5Qk

    http://youtu.be/nOKbfFFg23M

    estes são alguns vídeos que fez sobre invasão de terras no ms pelo poder judiciario
    SOU JORNALISTA FOTOGRAFICO E TAMBÉM DIRIGI O FILME DE LONGA METRAGEM INTITULADO PARALELOS TRAGICOS

Comente