Uncategorized

Poder feminino

Há esperanças de que tenhamos uma Justiça Eleitoral mais elogiável nas eleições deste ano. O TSE terá a partir de abril, pela primeira vez, uma mulher no comando que é muitíssimo respeitada. Cármen Lúcia, ministra do STF há seis anos, será responsável pelas eleições municipais de outubro.

2 Comentários

  1. salete cesconeto de arruda Responder

    TEMPO DE MULHER!
    Que MACHO não estou dizendo HOMEM – que MACHO vai continuar querendo mandar nos nosso SAGRADOS CORPOS – Fábio?
    Só macho broxa machucado pela vida pois enquanto isso os homens CAMINHAM ao lado de todas as MULHERES! Independe de partido.
    E sabem que TODAS ELAS podem decidir o que fazer ou não no caso de uma gravidez QUASE SEMPRE provocada por uma MACHO disfarço de HOMEM.
    Simples assim.
    VIVAM OS HOMENS DE VERDADE!
    HOMENS COMO LULA – QUE ESTÃO PROVOCANDO NO BRASIL – MELHORES RESULTADOS PARA NÓS MULHERES DO QUE A PRÓPRIA REVOLUÇÃO FEMINISTA que também contou com a ajuda de HOMENS e que foi FUNDAMENTAL para nossas VIDAS!
    Sugiro Fabio que entreviste MULHERES que marcaram nossa história contra a ditadura – aqui do nosso estado. São tantas! Minha professora Leila foi presa no nono mês de gravidez… só por ensinar as crianças com um método que inclua VALORES HUMANOS e não apenas continência a generais CASCAS!

  2. Vigilante do Portão Responder

    Gosto da coerência da Ministra.

    Aliás por falar em coerência, vou relembrar alguns fatos históricos:

    Sabem a Itaipu?

    Pois é, LULA e O PT, foram, CONTRA;

    Pró-Alcool?
    Lula e sua Turma, FORAM CONTRA;

    Abertura da exploração de petróleo para as empresas estrangeiras, com a otimização da exploração da plataforma de Campos e a descoberta do Pré-Sal?(*)

    Lula e sua turama, FORAM CONTRA, diziam que era “entreguismo”.

    Plano Real?

    Lula e o PT, FORAM CONTRA!

    (*) Estávamos em plena crise do Petróleo, nossa produção atendia apesas 35% da demanda.
    A Petrobras com pouca tecnologia e sem recursos, naõ dava conta de explorar nossa Plataforma Continetal.

    Geisel, abriu a exploração para empresas estrangeiras, criando os Contratos de Risco.

    As pesquisas avançaram, descobrindo novos campos e a produção nacional aumentou, reduzindo nossa dependência externa.
    Essas pesquisas, anos mais tarde, desaguaram na descoberta do Pré-Sal.

Comente