Uncategorized

Sem voto

Com a ida do senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) para o Ministério da Pesca, o Senado terá 14 suplentes no exercício do mandato, ou seja, 17% dos senadores não receberam nenhum voto. Do Ilimar Franco, O Globo

5 Comentários

  1. sherloque gomes. Reply

    É revoltante! Tendo em vista que escolhemos através do voto, em uma campanha eleitoral cheia de dúvidas quanto a resultados, bem como os gastos que o Estado brasileiro dispende, não é aceitável esse verdadeiro “estelionato” eleitoral! Mas, nascemos na “Ilha da Fantasía”! Depois reclamam que os “gringos” não levam a sério o Brasil!
    ADSUMUS!

  2. POIS É… ENTÃO A REVOLTA TEM QUE SER COM O DUCCI TBÉM, ELE NÃO RECEBEU NENHUM VOTO PRA PREFEITO E OCUPA A CADEIRA… O MESMO PESO !!!

  3. sherloque gomes. Reply

    Prezado Dostoi, quando me refiro a “revolta”, não é direcionada ao partido a ou b, nem político fulano ou siclano, mas a esse “modelo” que sempre fomos obrigados a engolir, o que me consola é ver nossa juventude (aquela que é sadia) buscando melhoras e cobrando dignidade daqueles que nos “representam” políticamente. Concordo: o mesmo peso, sem dúvidas! O que não pode é a continuidade dessa verdadeira “palhaçada” a qual chamamos Democracía!

  4. Hoje temos que pensar muito… Qual é melhor, ter um inexperiente
    de suplente ou ter uma “cobra criada” no exercício desta “política ma-
    ravilhosa brasileira” !?

Comente