Uncategorized

No Pinheirinho, Greca fala de suas idéias para Curitiba

O ex-prefeito Rafael Greca visitou nesta sexta-feira (2) os moradores do Pinheirinho, um dos bairros mais populosos, com aproximadamente 50 mil habitantes na região Sul de Curitiba. No bairro, o pré-candidato do PMDB a prefeito da capital concedeu entrevista, participou de reunião com militantes e simpatizantes e visitou a Rua da Cidadania, construída durante sua gestão na prefeitura (1993-1996).

A primeira parada de Rafael Greca foi o estúdio da Web Rádio Curitibana (www.radiocuritibana.com). O peemedebista foi o entrevistado de Alceni Vieira, com auxílio do repórter Freddy Pinheiro e a pedagoga Juliana Carvalho, na série que a emissora está promovendo com os pré-candidatos a prefeito da capital.

O ex-prefeito falou de seus projetos para educação, mobilidade urbana e meio ambiente, conversas com outros partidos e a preparação do PMDB para apresentar uma chapa forte de candidatos à Câmara de Vereadores.

Durante a entrevista Rafael Greca respondeu peguntas de ouvistes que participaram ao vivo por telefone – Orlei que ligou do Parolin, e Gilmar da Vila São Pedro, no Xaxim. A Rádio Web Curitiba, com aproximadamente 200 mil ouvintes mensais, atua em uma das mídias que mais crescem na rede mundial de computadores, auxiliadas pela força das redes sociais.

Conversa franca – Após o bate-papo, Greca participou de uma conversa franca com pré-candidatos a vereador, militantes e simpatizantes de sua pré-candidatura, na Churrascaria Gaúcha. O ex-prefeito conheceu também as instalações do local a convite do proprietário, o empreendedor Roque.

Na sequência Rafael Greca visitou a Rua da Cidadania do Pinheirinho, uma das seis construídas durante sua gestão na prefeitura (1993-1996). A estrutura funciona como um braço da prefeitura nos bairros e oferece à população serviços municipais e das esferas estadual e federal, além de pontos de comércio e lazer.

Memórias – Greca percorreu os corredores do espaço até o Terminal do Pinheirinho, que está acoplado a Rua da Cidadania. O ex-prefeito teve a oportunidade de reencontrar a comerciante Aurora Santiago, da Alface Lanches, que recentemente foi congratulada pela gestão atual pelos 15 anos de funcionamento do seu comércio, desde a instalação da estrutura.

“Lembro do [Rafael] Greca no dia da inauguração da Rua [da Cidadania], e entregando a responsabilidade dos estabelecimentos e depositando sua confiança em nós. Hoje sinto que cumpri meu papel com o bairro e consegui tornar a lanchonete em um ponto tradicional para os moradores”, disse a comerciante.

Greca fez questão de visitar a Feira de Artesanato, realizadas todas as sextas-feiras pela Fundação Ação Social (FAS). No local foi recebido por tricoteiras, tecelãs e produtores de artesanatos diversos. Nas conversas o peemedebista falou de seu plano de governo na área social, setor que recebeu atenção prioritária da ex-primeira-dama Margarita Sansone, que era a coordenadora da fundação.

21 Comentários

  1. Papagaio de pirata, maria vai com as outras, se vende barato, apenas por um emprego, não tem opinião própria. Quem votar nele, no mínimo está com febre. Porque não apareceu um pouco antes, só vem em época de campanha eleitoral.

  2. É isto aí Rafael, não perca tempo. Deixa os outros se bicarem a vontade. Você será nosso próximo prefeito.

  3. Prezado Fábio,
    Eu sou grande admirador da obra de Rafael Greca. Fez coisas maravilhoss em Curitiba, que eu tinha visto apenas na Europa e nos Estados Unidos e queria ver aqui.
    Votaria nele, sem dúvida, se isto não implicasse apoio indireto ao Requião, ue é exatamente o contrário: só trabalhou contra Curitiba e o Paraná nas nefastas gestões que desastrosamente conduziu.
    Por falar nisso, estive ministrando palestra em Rosário, na Argentina, em setembro passado, onde também falou um palestrante paraguaio que relatou mais ou menos o seguinte: “Houve um governador do Paraná que encerrou o contrato que o Paraguai tinha com o porto de Paranaguá e ficamos de repente sem forma de escoamento. Para dar a vola por cima, tivemos que construir sete portos fluviais ao longo do Rio Paraná, que hoje escoam nossa produção. Temos que agradecer a ele por isto”. Requião, como se vê, trabalho intensamente pelos paraguaios, pelo porto de Itajaí, pelo porto de Santos. Seria muito extenso falar aqui de todas as “boas” obras do fatídico senador paranaense.

  4. Prezado Fábio,
    Eu sou grande admirador da obra de Rafael Greca. Fez coisas maravilhoss em Curitiba, que eu tinha visto apenas na Europa e nos Estados Unidos e queria ver aqui.
    Votaria nele, sem dúvida, se isto não implicasse apoio indireto ao Requião, que é exatamente o contrário: só trabalhou contra Curitiba e o Paraná nas nefastas gestões que desastrosamente conduziu.
    Por falar nisso, estive ministrando palestra em Rosário, na Argentina, em setembro passado, onde também falou um palestrante paraguaio que relatou mais ou menos o seguinte: “Houve um governador do Paraná que encerrou o contrato que o Paraguai tinha com o porto de Paranaguá e ficamos de repente sem forma de escoamento. Para dar a volta por cima, tivemos que construir sete portos fluviais ao longo do Rio Paraná, que hoje escoam nossa produção. Temos que agradecer a ele por isto”. Requião, como se vê, trabalhou intensamente pelos paraguaios, pelo porto de Itajaí, pelo porto de Santos. Seria muito extenso falar aqui de todas as “boas” obras do fatídico ex governador paranaense.

  5. Vigilante do Portão Responder

    Esses da foto, são TODOS os eleitores do Rafael lá no Pinheirinho.

    kkkk

  6. Promessa não cumprida! Responder

    O Greca prometeu que ia colocar “brinco” em todos orelhões da rua XV ! (não cumpriu!)

  7. ESSE FOI O ENCONTRO ” FAT “DO PINHEIRINHO!!! UM ENCONTRO GRANDE DE CINCO PESSOAS!! HAHAHAHAH

  8. Cajucy Cajuman Responder

    Caro Fábio:
    Até aqui tudo lido, comentado e aprovado. Parabéns pelo blog.

    Em tempo: há que se destacar a energia de Rafael Greca em plena maratona nos quatro cantos de Curitiba.

    E, o mais importante, ele gosta do que faz! Ele está sempre sorridente, simpático e bem falante. Às palavras pipocam de sua boca e às idéias ganha vida e anima quem está ao seu lado.

    Beleza! Pode até não ganhar a eleição de outubro próximo. Mas, enriquece, valoriza a política local.
    Abs

  9. Cristiane Borrasca Responder

    ´Rafael Grega’ este é o nome para PREFEITURA DE CURITIBA.
    Volto a dizer: ESTE conhece Curitiba como ninguém, sabe de suas dificuldades e anseios.
    Chega de prefeitos por “emprego” !!!
    Conte comigo e minha Família, Grega!!!

  10. Delegado de Londrina Responder

    Delazari na Guarda Municipal e Doático Santos na secretaria dos bares e similares, e o gardenal nos bastidores…

  11. Simone Slavieiro Responder

    Não confundam Greca com Requião, não confundam Ducci com Beto Richa mas confundam sim Fruet com Lupi

  12. Uma vez recebi um vídeo que o Requião espalhou sob re o Greca. Quem mudou, Greca ou Requiao. Ps: Argh, para os DOIS!

  13. Uma vez recebi um vídeo que o Requião espalhou sob re o Greca. Quem mudou, Greca ou Requiao ? Ps: Argh, para os DOIS!

  14. Pedro de Jesus Colaço Responder

    Greca: inclua no seu plano de governo o cumprimento da lei no sentido de que proprietários construam ou consertem as calçadas (passeios) na frente das casas em todos os bairros da cidade; que limpem terrenos baldios ou de exploração imobiliária (depósitos de lixo e criames de ratos, baratas, pernilongos, etc.); que programas sejam efetivados para conscientizar a população a não atirar lixo na rua, praças, logradouros e especialmente nas margens das rodovias. Quanto às calçadas (ou passeios), caso o proprietário não o faça, que o Poder Público Municipal se encarregue de fazê-lo e depois cobre no IPTU. Não esqueça, Grega, de incluir também providências contra pichadores que tanto “emporcalham” e depõem contra a cidade sorriso. Não basta cuidar só do centro da Capital. E não basta apenas colocar no Plano de Governo. Tem que cumprir, caso seja eleito e assuma.

  15. Cajucy Cajuman Responder

    EDUARDO você está enganado. Eu não trabalho para o Greca. Apenas admiro a sua capacidade e personalidade franca, respeitosa e cheio de energia.

    Essas qualidade fazem a diferença na política rasteira da atualidade, ok?

    Sem falar na cultura, que aí, não tem pra ninguém./Abs

Comente