Uncategorized

Governo divulga nota sobre reajustes salariais dos policiais

O governo emitiu nota sobre os reajustes salariais dos policiais onde afirma que encerrou a fase de negociações e agora prepara o projeto de lei que permitirá o subsídio para as policias civil, militar e científica. É o que segue:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em relação ao processo de implantação do novo regime de remuneração para as forças de segurança do Paraná, esclarecemos o que segue:

– O Governo do Estado está elaborando o texto da lei que permitirá a implantação da remuneração por subsídio para as polícias Civil, Militar e Científica;
– O anteprojeto será encaminhado pelo Executivo para a Assembleia Legislativa nas próximas semanas;
– A etapa conclui o processo de implantação do novo modelo de remuneração para os servidores das classes policiais, visto que o estágio de negociação e definição de valores já está concluído;

– As novas tabelas de remuneração que serão aplicadas à folha das policias Civil, Militar e Científica foram bem aceitas por representantes das categorias destes servidores após discussão e apresentação de valores;
– Trata-se, portanto, do resultado de uma construção conjunta, que levou em conta os limites impostos ao Estado pela Lei de Responsabilidade Fiscal e as demandas apresentadas pelas classes policiais;
– O Governo do Paraná fez todo o esforço possível para compatibilizar a aplicação do subsídio, com avanços importantes na remuneração dos policiais, e as possibilidades financeiras do Estado;
– O empenho resultou numa proposta que assegura reajustes entre patamares acima de 30% e até 48% nas remunerações iniciais das polícias Militar, Civil e Científica, com repercussões no conjunto dessas carreiras;
– Os novos valores passam a vigorar a partir de 1º. de maio e colocam a remuneração ofertada pelo Paraná para as classes policiais entre as melhores do Brasil, só perdendo para o Distrito Federal, que tem sustentação de recursos federais.

Curitiba, 07 de março de 2012

Secretaria de Estado da Administração e Previdência
Secretaria de Estado da Segurança Pública
Governo do Paraná

26 Comentários

  1. Mentirosos…..lamentável que a população não saiba o que realmente acontece nos bastidores….

  2. VOLTA, REQUIÃO!!! Responder

    O governo que faã a gentileza de citar o nome de UM POLICIAL, que não seja oficial ou delegado, que ficou satisfeito com essa proposta!

  3. Governo ta de brincadeira onde tem 30%, pra policia militar, eu ja mandei fazer me adesivo. “BETO RICHA NUNCA MAIS” “MAURO MORAES NUNCA MAIS” Tem problema não o povo é que vai pagar a conta pois a polícia não vai trabalhar, nós policiais temos as armas pra nos defender, e o povo que entregou suas armas no programa de desarmamento agora vão ficar a merce dos bandidos, Talvez o povo vote no beto richa de novo, pois 25 mortes violentas em curitiba em um fim de semana isso é redução do crime?

  4. delvaloil de frança costa Responder

    POLITICO ANTES DE ELEITO E UM, DEPOIS DE ELEITO E OUTRO

    ANTES DE ELEITO TUDO PODE, DEPOIS DE ELEITO SO ELE PODE.

    FRANÇA COSTA

  5. Tá certo o Governador Beto Richa. Esse salário que os PMs vão ganhar já está mais do que bom, principalmente pelo nível do serviço prestado. Se acham que podem ganhar mais do que isso, vá para a iniciativa privada com o diplominha do 2º grau e procure um emprego. Se aceitarem pagar mais de 1 mil reais é muito.

  6. Eu como a maioria dos Policiais Militares, acreditamos nesse senhor chamado BETO, por ser filho de um grande homem, inesquecivel para a Policia Militar, que muito nos temos a agradecer, pois esse ai que diz ser filho do PAI JOSE RICHA, deve estar fazendo o ilustrissimo chorar la nas alturas pelo que esta fazendo com a gloriosa. Ele esta segregando a policia militar em relação a co-irmã civil. Acho que agora devemos fazer somente o que é de competencia da Policia Militar e fazer a policia civil do beto richa trabalhar, ja que são mais valorizados.

  7. é isso aí! negociou, negociou e agora decidiu, parabéns o governo é o patrão e pronto. Vamos trabalhar, fazer valer ao aumento e cuidar da segurança do cidadão paranaense.

  8. o governo deu um bom aumento para os delegados e oficiais. Deixando novamente a base de fora pm e civil com um aumento baixo. So que o gov esqueçe quem fazerá o paraná seguro é a base. Agora é guerra vamos mostrar um paraná inseguro, vamos unir as bases a civil não resolve não soluciona nada e a pm queima as ups como está fazendo. Aguardem ….

  9. Com quem será que o governo concluiu.
    As Associações garantem que momento algum foram chamados para negociar qualquer coisa que fosse.
    Alguém está mentindo.
    Ou então mais um “projetinho” medíocre e sem vergonha, engendrado em alguma salinha com duas ou três pessoazinhas, que pouco entendem de RESPEITO VALORIZAÇÃO E DIGNIDADE que deveriam ser dispensadas as classes Policiais do Paraná.
    É de chorar, povo Paranaense.

  10. Vigilante do Portão Responder

    Tem coisa que dão um nó na cabeça dos contribuintes,eu pago o salario dos policiais militares e policiais civis,mas só vejo pms na rua dando o suor e a vida para combater a criminalidade,quando se ve um viatura da pol.civil na rua ou esta indo buscar marmitex para os presos ou buscar lanche mendigado em lanchonetes,esta nos jornais que um pol.civil estava com seu compadre no Boqueirão os dois armados fazendo abordagens com certeza querendo extorquir traficantes,os dois foram presos,DA LHE PM É ISSO AI

  11. Esse e nosso governo,valorizando cada dia mais os profissionais da segurnaça,educação e saude.

  12. Vigilante do Portão Responder

    Não aceitam oreajuste?

    RETIRA a proposta,
    Dando apenas a reposição da inflação.

  13. Espero que tenham um bom aumento para pararem de extorquir os marginais e agredir a população.

  14. 2014 já chega a resposta será data nas urnas pra essa turma do governo, trabalho de policia não se pode comparar com outras profissões, se todos estudaram e prestaram um concurso publico e passaram tem que serem valorizados, uma profissão q muitas vezes custa a vida para exercer a proteção da sociedade. Sem policia não existe ordem, agora se os criticos acham q é melhor confiar em bandido façam um projeto e peçam aos governos para q eles extinguem a policia q todos vão ficar felizes para sempre. Deveria tambem criar o PDV (pedido de demissão voluntaria) nas policias, igual foi feito com os antigos funcionarios do Banestado, o qual receberam um valor para pedir demissão concerteza serei um dos primeiros a fazer. Darei minha vaga aos criticos competentes, quem critica melhor faz. Minha vida não tem preço, se sua vida vale o q o governo paga seja feliz e tente uma vaga.

  15. “As novas tabelas de remuneração que serão aplicadas à folha das policias Civil, Militar e Científica foram bem aceitas por representantes das categorias destes servidores” ?????????????????????????????

    BEM ACEITAS??????????????

  16. Esse tema tá mais que vencido……que todos saibam, os policiais vão ganhar 30% de aumento ( sálario sai de R$ 2,4 mil pra 3,2 mil) o que é um baita aumento….o resto é piada de pelego de sindicato descontente……chega de brincadeira e vão todos trabalhar, pois essa conversinha de baba ovo de Requião, aliás, quanto de aumento tiveram com essa figura deplorável……ao trabalho e chega da papo furado…..

  17. POLICIAL DO PARANÁ Responder

    FAÇA O QUE ACHAR MELHOR BETO RICHA, MAS NÃO DIGA QUE NÃO FOI AVISADO, NA PRÓXIMA ELEIÇÃO A SUA OPOSIÇÃO VAI GANHAR TODOS OS PMS REVOLTADOS COMO CABOS ELEITORAIS. PRA NÃO ESQUECER, OS FILHOS E PARENTES DOS PMS TAMBÉM VOTAM, UMA PROVA DISSO É QUE SÓ NA MINHA CASA, ENTRE FILHOS E ESPOSA SÃO 5 VOTOS, NÃO CONTANDO MEUS PARENTES. NÃO DIGA QUE NÃO FOI AVISADO. QUER UMA TROPA DE PMS CONTRA SUA REELEIÇÃO?

  18. Vigilante do portão vc é uma besta, só pode…
    lave a boca pra falar da civil seu imbecil!!!!

  19. SdPMPRDesmotivado Responder

    Esse tal de Maicon deve ser algum filho de “coroné” ou, mais um piá de prédio recém saído da acadêmia que não conhece nada da vida. Pior ainda é que acha que tem curso superior, acha que o cursinho da academia é superior. Coitadinho dele!

  20. “As novas tabelas de remuneração que serão aplicadas à folha das polícias Civil, Militar e Científica foram bem aceitas por representantes das categorias…“
    A pergunta que fica É, não quer calar É: Quais categorias aceitaram?
    A categoria policial militar não teve acesso aos Secretários para demonstrar os erros primários que suas equipes estavam cometendo. Não que não tivessem tentado, a iniciativa das Entidades com representação no Fórum de Entidades, SEQUER FOI LEVADA EM CONTA.
    “Trata-se, portanto, do resultado de uma construção conjunta…“
    Construção conjunta? Com quem? Obviamente que alguém acha que somos ignorantes! Como é que se faz uma construção conjunta onde os interessados não participam dessa construção. Associações e Sindicatos não foram ouvidos e sequer foram convidados a participar do processo. Quando fala em construção conjunta, leia-se: SESP, SEAP, Casa Civil e, um bando de tecnocratas que pensam entender todas as particularidades e peculiaridades das carreiras de segurança pública, em particular, Polícia Militar.
    REPERCUSSÕES RUINS À CURTO, MÉDIO E LONGO PRAZO
    “… com repercussões no conjunto dessas carreiras…“
    A única verdade na matéria da SEAP. Vamos ter repercussões no conjunto das carreiras e, particularmente no caso da Polícia Militar, as repercussões não poderiam ser piores.
    Perdemos a oportunidade que se nos abria de criar estímulo para os profissionais buscarem o acesso à carreira através dos cursos de formação e aperfeiçoamento, porém com uma diferença anunciada de R$ 152,00 (cento e cincoenta e dois reais) entre a graduação de CABO e SARGENTO podemos perceber o prejuízo que se está causando principalmente na permanência desses jovens nas fileiras da PMPR e, citamos apenas um caso.
    Podemos dizer que a Polícia Civil do Paraná sairá ganhando duplamente. Primeiro o Governo entendeu que deveria dar um tratamento salarial diferenciado para nossos irmãos e, agora, com o estímulo dado às carreiras de PRAÇAS da PMPR veremos a história se repetir. A Polícia Militar novamente terá dificuldades de reposição de efetivos considerando a grande migração de policiais militares para a co-irmã.
    No tocante à permanência após os 25 anos de carreira, falando-se de reserva especial ou proporcional, vemos com preocupação a possibilidade de não permanências dos efetivos após esse tempo de serviço, face à falta de estímulo. Nesta linha, precisamos ficar atentos com as possíveis surpresas que venham apensas ao anteprojeto de implementação, disso que o Governo do Estado resolveu denominar “SUBSÍDIO”, mas que foge completamente do conceito constitucional por manter “penduricalhos” atrelados.
    “SAUDADE DO REQUIÃO, SAI BETO”!

  21. Essa fase de Beto Richa vai passar logo, e o troco vai vir nas urnas, subjulgou o adversário. Nas eleições para prefeito ele vai vêr. Quando cumprir seu tempo, em 2014 sua possível tentativa de reeleição será uma grande derrota. Não há nada como um dia após o outro….Quem viver verá. Porque Àlvaro Dias nunca mais entrou para Governo?? Quem foi funcionário público na época dele sabe e não esquece!! Quem bate esquece, mas quem apanha nunca, mas nunca esquece.

  22. MAICON,é com comentários de pessoas idiotas como vc que faz esse espaço perder o brilho,como comparar o trabalho de um policial com o de um trabalhador comum?………..faça um favor aos leitores: desapareça seu babaca.

  23. Eu concordo com o Maicon, quem mora no subúrbio, sabe que a violência é culpa da polícia, que prende, faz acerto e libera. Quem é liberado volta mais bandido.

Comente