Uncategorized

Professores municipais suspendem a greve

Em Assembleia que terminopu há pouco, os professores da rede municipal de ensino decidiram suspender a greve e voltar ao trabalho até a próxima quarta-feira, quando SISMMAC, sindicato dos professores, terá nova rodada de negolciações com a Prefeitura.

4 Comentários

  1. Os professores COMERAM o SAPO com perna e tudo. Com um aumento de 10 % (duas vezes a inflação oficial), é uma loucura persistir na greve… Coisa de sindicalistas frustados, ou de CUNHO POLITICO, movimentado por adversários recém saidos da Prefeitura de Curitiba. Aos professores, em fila, voltem as salas de aula, e continuem educando os alunos, com profissionalismo e qualidade.

  2. Vigilante do Portão Responder

    Souberam que o Ducci mandou DESCONTAR as faltas.

    Vão perder salário e o quinquênio do período.

  3. Revendo outras cidades os professores de Curitiba são os mais bem pagos do País.. é um direito querer mais.

  4. Seria interessante saber o q se comenta, ninguém esta questionando os 10% de aumento q foi concedido. Mesmo porque desses são 6% de inflação e 4% de perdas anteriores que já acumulam 14,78%. A greve inclusive tem outros temas, como por exemplo a aplicação da Lei Federal do Piso, 33% de hora atividade, diminuição do numero de alunos em sala de aula e questionando a gratificação proposta, o famoso PPQ para avaliar produtividade dos profissionais do magistério que nas últimas três avaliações tiveram a maior nota nacional. O q se pede é incorporação desses valores no salario, o dinheiro existe. Da forma q se propõe se exclui aposentados que inclusive ajudaram a construir a educação desse munícipio.

Comente