Uncategorized

Rossoni ganha ação
na Justiça contra ex-segurança da Assembleia

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Valdir Rossoni (PSDB), ganhou na Justiça ação contra o ex-servidor do legislativo, Edenilson Carlos Ferry (Toca). O ex-segurança foi condenado a pagar o R$ 20 mil por danos morais.

Rossoni moveu a ação depois que Edenilson fez acusações mentirosas em entrevistas a emissoras de rádio e televisão. Na época, o presidente da AL havia determinado o afastamento dos seguranças e instalado o Gabinete Militar na Casa, dando fim a um esquema de milícia que operava há mais de 20 anos nos corredores e pátios da Assembleia.

Para a juíza Júlia Maria Tesseroli de Paula Rezende “as imputações demonstradas na inicial são graves e caluniosas”. Além da indenização, o ex-segurança terá que pagar as despesas e custas processuais, além dos honorários advocatícios.

O advogado Cid Campelo é o responsável pela defesa do deputado Rossoni.

Moralização

Esta é a segunda derrota judicial sofrida pelos ex-seguranças, em uma semana. No dia 12 de março, o Tribunal de Justiça do Paraná confirmou a legalidade do ato da Comissão Executiva da AL que colocou em disponibilidade remunerada os antigos “seguranças” da Casa e a instalação do Gabinete Militar.

Para Rossoni, as decisões judiciais confirmam o acerto das medidas moralizadoras implantadas desde a posse da nova Mesa Executiva, em fevereiro do ano passado. “Estamos corrigindo ilegalidades com legalidades”, afirmou.

4 Comentários

  1. Aquilo (o tal de Toca) mereceu ser expurgado e chutado da Assembleia, junto com sua corja. Não vale nada. Até a guerra tem suas regras, mas aquele bandidinho se achava acima de todos e de qualquer regra. Merecia pagar muito mais. Foi barato, que cale a boca e enfie a touca na cabeça. Tá no lucro. E se o Rossoni for superior (como tem demonstrado), que doe esse dinheiro para o Hospital Erasto Gaertner, lugar adequado para tratar e extirpar cânceres assemelhados.

  2. Mírian Waleska Responder

    Parabéns Dr. Cid Campelo.
    Está na hora de acabar com esse negócio de atacar a honra das pessoas e ficar por isso mesmo, tem que lascar valores altos de indenizações e custas processuais.

    Corretíssimo Valdir Rossoni, tem que levar casos assim para a justiça, ou próva, ou cala a boca.

  3. fiscalde realeza Responder

    ESSE JÁ ESTA MORTO DEVE TER SIDO JULGADO PELA AQUELA JUIZINHA SUBISTUTA QUE ABSOLVEU E RETIROU O BETO DO MENSALÂO DA PREFEITURA
    PSDB O PARTIDO DOS ACERTOS E MENSALOÊS DO BRASIL
    SUJERA E MARACUTAIA

    E O ROSSONI DESDE QUE O LAPIO DO SEU FILHO FOI ESCRACHADO DA PREFEITURA DE BITURUNA NÂO TINHA APARECIDO NA MIDIA
    E AGORA ESTÂO TENTANDO COLOCAR O SUJEITO DEVAGARINHO DENOVO

Comente