Uncategorized

No PT, os históricos repudiam golpes baixos

No PT, o confronto entre os animados pela aliança com Gustavo Fruet e os defensores da candidatura própria baixou ao nível das cloacas. Gente séria, honrada, entrou em campo. Militantes históricos como Jairo Graminho (foto), decidiram apelar para o bom senso e chamar os detratores à razão. Emitiram manifesto. É o que segue:

Companheir@s petistas,

Vimos a público manifestar nossa indignação e nosso repúdio à forma destrutiva com que militantes de pensamento contrário ao nosso têm se posicionado na imprensa e por meio das redes sociais da internet para defender sua visão de organização partidária. Lamentamos o ponto em que chegou o debate interno de forças que divergem da avaliação que temos sobre a construção de uma aliança forte e competitiva em torno da candidatura do pedetista Gustavo Fruet, que nos remete à possibilidade concreta de vir a governar Curitiba e abrir espaço em nossa cidade para a promoção plena das políticas sociais do nosso governo federal, que tanto farão a diferença na qualidade de vida do povo curitibano, especialmente das camadas mais vulneráveis de nossa população.

A democracia interna que fortalece e dignifica a história de 32 anos do PT permite a divergência de opiniões, o debate construtivo e o pluralismo na concepção das estratégias e planos de ação, mas é inaceitável que se confunda essa diversidade de ideias com a autofagia ou com a manifestação de ilações e de denúncias irresponsáveis, pois isso só serve à desconstrução do próprio PT – partido dos trabalhadores e das trabalhadoras -, à agressão e desqualificação de pessoas que se dedicam há décadas ao projeto coletivo e, em última análise, só favorece às forças de direita que querem ver nossa legenda enfraquecida e sem capacidade de liderar uma grande oposição ao grupo que se instalou há praticamente 30 anos no poder em Curitiba.
Sem sombra de dúvidas, a violência com que integrantes da chapa que defende a candidatura própria à prefeitura se manifestam só beneficia àqueles que querem atacar o PT e não contribui para fortalecer um projeto maior que é o que nos levou, com passos seguros e com muito discernimento, a virar a página da história depois de mais de 500 anos de exploração e a governar este país. Também queremos e sonhamos muito com a candidatura própria à prefeitura de Curitiba, mas sabemos que, hoje, isso não é possível e que o mais viável é somarmos forças com os partidos aliados e comprometidos com as políticas e ações programáticas do governo federal. Desde o governo Lula, até o presente governo da companheira Dilma.
Temos de estar atentos à conjuntura para, com muita seriedade, maturidade política e pé no chão, darmos passos seguros em direção a uma nova Curitiba, inclusiva, participativa, democrática e socialmente justa. Nosso compromisso maior é com a população desta cidade que tanto tem esperanças de um futuro promissor. É por isso que lamentamos os acontecimentos recentes e empunhamos a bandeira da unificação partidária em torno de uma aliança sólida e vitoriosa para governar a cidade de Curitiba.
Saudações petistas.
Curitiba-PR, 4 de abril de 2012
Assinam:
Jairo Graminho de Oliveira – Fundador do PT (Portão)
Eliton Henrique Torno (Boa Vista)
Ezequiel Westphal (Portão)
Ézio Alves Faganello (Boa Vista)
José Bento Strassacapa (Santa Felicidade)
Juliana Escher (Matriz)
Luciano Márcio de Andrade – UFPR (Cajuru)
Marlene Lucinda de Castro (Portão)
Mário Luiz de Mello (Portão)
Paulo Henrique Vida Vieira (Matriz)
Regina Zanchi (Matriz)
Silvana Glaser Boabaid (Matriz)

14 Comentários

  1. Carlos Alberto Responder

    Parabéns Jaime Graminho e companheiros que com muita sabedoria assinaram este abaixo assinado, hoje nossos adversários estão comemorando as divergências internas quanto a candidatura propria ou coligações fato este que enfraquece e muito não so o PT mais os partidos aliados que tentam se unir para mudar este quadro que se apresenta na Prefeitura de Curitiba, a união hoje se faz nescessário pois desde 1989 o poder persiste apenas com um so grupo, a nossa memória tem que nestas horas fazer parte do jogo politico e não apenas o inpulso do coração ou sangue partidario que nos leva a não refletir com coerencia, trazer a memoria e lembrar que apenas por quatro anos a oposição fez parte da adminstração da Capital que foi com Requião em uma união de forças que jamais foi vista nas fileiras partidarias, hoje são poucos os partidos de esquerda dentro de cada agremiação temos divisões diversas pessoas que fazem opção pela esquerda, direita e outras direções, mas o que se tenta realmente e a diversificação das forças que hoje tem a oportunidade de levar a derrota os dentetores do poder que ai esta. Parabéns a União de forças que luta pela coligação.

  2. O QUE É QUE ESTE “SENHOR” ESTA RECLAMANDO,O OTÁRIO NÃO CONHECE A PRÓPRIA QUADRILHA A QUE PERTENCE,KKKKKKKKKKKKKKKKKK

  3. A mentira esta nas assinaturas de tal manifesto, o Seu Jairo Graminho esta doente, de cama e não esta participando do debate.
    Alias ele nem computador para ver redes sociais tem, agora a pergunta, será que foram visitar ele quando mais precisou? claro que não.

  4. O MESSIAS NÃO ASSINOU O DOCUMENTO PORQUE ESTA COM UM PÉ NA CANOA DO DUCCI, OUTRA NA DO RATINHO, OUTRA NA DO GRECA E OUTRA NA DO FRUET…..

    EM TEMPO: NA HORA DE ASSINAR O DOCUMENTO ELE ESTAVA SE APROXIMANDO DA CAMPANHA DA RENATA BUENO E POR ISSO NÃO FOI ENCONTRADO…..

  5. CAÇADOR DE PETISTAS Responder

    Comentar sopbre a quadrilha petista me deixa nervoso.
    Eta raça de COMUNISTAS que querem se perpetuar no poder. Va pro inferno Lula, você é o culpado de tudo isso.

  6. Sr Blogueiro

    Informo a V.Sa que o post atribuído acima a Mario Mello sobre o sindicalista MESSIAS, não foi originalmente postado por mim, Mario Luiz de Mello (http://twitter.com/mariomello) e sim por alguém ou com homônimo ou com interesse de criar cizânia, muito comuns em blogs alternativos, sujos ou que se pretendem candidatos a sujos. Lamento o mal entendido!

    Atenciosamente

    Mario L. Mello
    Curitiba-Pr

  7. O Mario Luiz Melo continua filiado no PT?, achei que ja tivesse trocado de partido como e a pratica do Guga

  8. CAÇADOR DE PETISTAS Responder

    Como se não fosse pior um PETISTA brasileiro ainda temos que suportar um PETISTA GRINGO como esse LUIS GRINGO…Pega tuas ideias e volta para o Paraguay e leva essa catrefa petista junto contigo…

  9. Flaviano J Nennemann Responder

    Vocês respeitem esse homem , seu Jairo é um ícone na organização dos movimentos populares , homem de coragem que sempre lutou por melhores condições de vida dos moradores das periferias ,podendo externar sua opinião a respeito de coligações mesmo que seja ao contrario de seu pensamento.

Comente