Uncategorized

Prefeitura licita R$ 24 mi para combater cheias

O prefeito Luciano Ducci autoriza nesta segunda-feira (7), às 14h30, no Salão Brasil do Palácio 29 de Março, a abertura de edital de licitação para obras de drenagem em 22 quilômetros no rio Barigui e de projetos de prevenção de cheias nas bacias dos rios Atuba, Barigui, Belém e Ribeirão dos Padilhas. São obras vão atender 600 mil pessoas em Curitiba.

Na bacia do Barigui serão investidos R$ 18 milhões em obras de melhorias da vazão do rio, entre a Rua Dionira Moleta Klemtz, no Fazendinha, e a foz do Barigui, no limite com Fazenda Rio Grande. Dentro deste pacote, está previsto também a contratação de empresa para executar programas ambientais ao longo deste trecho de rio.

Além da obra no rio Barigui, a Prefeitura vai licitar mais R$ 6 milhões para a contratação de 28 projetos de prevenção das cheias nas bacias dos rios Atuba, Barigui, Belém e dos Padilhas. As obras vão atender mais 200 mil pessoas que vivem nessas regiões. Os investimentos para a execução da limpeza do Barigui e dos projetos virão do Ministério das Cidades, por meio do PAC 2.

4 Comentários

  1. EWERTON RODRIGUES DEOLIVEIRA Responder

    FABIO PERGUNTE AO ILUSTRE PREFEITO E SUA EQUIPE SE ESTE TIPO DE TRABALHO VAI FUNCIONAR.

    SABE POR QUE EU PERGUNTO ISTO, POIS PARA VOCE FAZER ALGUMA COISA FUNCIONAR É NECESSARIO TER UMA SAIDA, NÃO É ASSIM? VÃO BAIXAR OS NIVEIS DOS RIOS EM CURITIBA, LEGAL, MAS PARA ONDE ESTAS AGUAS IRÃO, POIS A UNICA SAÍDA TEM UM NOME QUE NÃO FOI CITADO POR NENHUM DELES, UM NOME FORTE QUE É RIO IGUAÇU, SE NÃO FIZER ESTA DRAGAGEM, NADA DESTE PLANO IRÁ FUNCIONAR, GASTARÃO SOMENTE AS VERBAS E O PROBLEMA CONTINUARÁ.

  2. Em época de eleição as obras saem do papel e fortunas $$$$$$$$$$$$ são gastas em propaganda!!!!!!

  3. Ei, seu Fábio. Isso não é para combater as cheias dos rios. É para encher a urna de votos. As obras nesta cidade só funcionam no semestre das eleições.Isso sim é uma barbaridade.

  4. salete cesconeto de arruda Responder

    Socorro!
    Socorro!
    Socorro!!!

    O que é todo aquele ferro e cimento sendo enterrado no Barigui?

    O Parque não parece mais PARQUE VERDE. Está se transformando numa cidade cheia de VIAS CIMENTADAS onde nem a água da chuva vai consegue ser filtrada?

    Os patos nadam no barro!

    E o pior: tem curitibano BURRO MESMO – achando tudo aquilo LINDO!

    Enterra dinheiro do POVO enquanto o irmão de cidade dorme num mísero barraco ou na rua com seus filhos!

    Sonhei que ali naquele local sem passar pelo meio da parte que liga até a chaminé pois aquilo é um CRIME – estava uma linda passarela com vista para todo o parque.

    Uma passarela bem PENSADA não teria resolvido o problema Fábio?

    Realmente: isso só pode ser COISA DOS ÚLTIMOS TEMPOS DE CURITIBA.

    Duvido que LERNER aprovasse isso!

    O POVO POR BAIXO no xixi, no fedor, no meio dos bichos e os carros por cima….

    Um POUCO DE FILOSOFIA DE BEM VIVER não faria mal a essa gente que vem colocando caminhões e docas a céu aberto, trocando área verde por jaula de macaco – jaula que não existe e cortando praças – PATRIMÔNIO PÚBLICO – ao meio…

    Tem mais?

    Tem.

    Mande para o Fábio o que você também tem visto de ABSURDO que está sendo feito com a nossa bela amada Curitiba. Não se iluda com o verniz e com as LUZES que serão gastas para manter o tal TÚNEL iluminado afim de que você possa ver a cara do bandido…

    Seja CORAJOSO!

    Curitiba não MERECE estar tendo até os seus PARQUES divididos por cimento e ferro.

    Qual o IMPACTO na natureza?

    Alguém sabe?

Comente