Uncategorized

Ex-prefeito do PT em Londrina condenado por improbidade

O ex-prefeito de Londrina Nedson Micheleti, do PT, foi condenado por improbidade administrativa pelo Tribunal de Justiça do Paraná (TJ) e teve os direitos políticos suspensos por três anos. além de multas pesadas. A decisão por unanimidade dos desembargadores da 4ª Câmara Cível e assinada pelo desembargador Abraham Lincoln Calixto, também condenou o ex-secretário de Gestão Pública Gláudio Renato de Lima.

Além da suspensão dos direitos políticos, o ex-prefeito e o ex-secretário foram multados em três vezes o valor dos salários referentes aos cargos ocupados na época. Os dois podem recorrer da decisão.A ação é referente a exigência do ex-prefeito para a aquisição de equipamentos de informática de determinada empresa em licitação realizada em 2006. “A administração [municipal] não mencionou quais funcionalidades estariam sendo mais bem aproveitadas, quanto estaria economizando com a solução proposta, que módulos e peças poderiam ser reaproveitados, etc. Ou seja, não revestiu seu estudo de informações concretas que permitiriam aferir a real vantajosidade em se escolher a marca”, afirmou o magistrado no despacho.

10 Comentários

  1. PINTOU SUJEIRA. PINTOU PT…Entre eles, formaram uma espécie de “máfia”, composta de todo tipo de gente desqualificada, que se agarram ao poder de uma forma irracional. E agindo desta forma, já que são capazes de tudo, poderão quebrar o país. (Blog Mário Fortes)…Tudo a ver…

  2. E isso aí o que o PT faz, só coisa errada mesmo!!!!!!!!

    Coitadinho de quem se filiar à eles………..é muita roubaria…………. .

    Abram os olhos para os que se vendem, não votem nele.

    Ervas daninhas.

  3. Quando a gente diz que, por onde passa a chaga petista fica apenas terra arrasada, a petezada cai de pau! Cai matando!
    Mas essa é a realidade minha gente! Vocês não podem tentar tapar o sol com essa peneirinha de bater feijão!
    Me apontem por favor uma Prefeitura só, no Brasil inteiro, onde a chaga tenha passado cujas finanças estejam redondinhas; sem dúvidas e sem máculas, com seus habitantes aspirando pela volta da sigla! Não existe!
    O petê atual não é nem a sombra daquele partido cuja filosofia central na sua fundação, seria combater a corrupção no Brasil.
    O petê hoje, é a própria corrupção; infelizmente!

  4. Eleitor de Londrina Responder

    Só improbidade? E a cadeia? Tem que mandar para a PEL 2 junto com a “equipe” do Barbosa Neto. Acorda Londrina, vamos eleger o Marcelo Belinati e o seu primo Marcos Belinati.

  5. Taí pessoal,é o PT, sabe quandoa hipócrita esquerda ajuda os pobres dopaís, melhora sim e muito, vida dos pobres, os pobres do PT. Sabem quando elegerão governos e prefeitos do nosso querido Paraná? Nunca!!! graças a DEUS,,,

  6. O (des)GOVERNO QUE É FEITO PELOS corruPTos, O RESULTADO SEMPRE SERÁ ESSE. “julgamento e condenação”

  7. SERGIO SILVESTRE Responder

    Quantos corruptos,quantos safados passam sem ser percebido seus roubos pela politica.
    E um prefeito honesto,que tambem se afastou da midia,por
    conta da doença de sua esposa,fica nesta situação.
    Dizer que o nedson levou alguma vantagem sendo prefeito de
    londrina,duvido.
    Fez muito pela periferia,e nas areas sociais,mas estamos em londrina,terra do hauly,belinate e da imprensa favoravel a estes
    Satanizaram o nedson,culpa até por escesso da procuradoria.
    O que estão fazendo é uma barbarie contra o cidadão.
    Poucos politicos no brasil tem a idoneidade do nedson.
    Mas se vc ficar quieto no seu canto,os urubus te arrancam os olhos.

  8. joao luiz de souza Responder

    ALGUEM TEM ALGUMA DUVIDA DA ADMINISTRAÇAO DO PT…

    BEBEU AGUA EM LONDRINA DÁ NISSO,, BELINATI, NEDSON, BARBOSA,, TUDO FARINHA DO MESMO SACO.

  9. Tribunal tucano é a resposta, esperem o recurso. Bom mesmo é ver a leréia graúda.

    Deputado tucano ameaça jogar lama no ventilador e PSDB sente o golpe

    Uma nota publicado nesta terça-feira (8) no jornal Folha de S.Paulo, revela que o deputado Carlos Alberto Lereia (GO) – amigo de Carlinhos Cachoeira há 25 anos –, está ameaçando seu partido (PSDB) que, se for, digamos assim, conduzido a pedir licença do cargo, o que via de regra resulta em expulsão, vai “soltar o verbo.” Eli disse que vai fazer com que o governador de Goiás, Marconi Perillo (também tucano) tenha o mesmo tratamento.

    Apesar de farto material de gravações da Polícia Federal, até o momento a imprensa – e o PSDB –, têm blindado o governador Perillo. Até mesmo José Serra, candidato à prefeitura de São Paulo, e o presidente do PSDB, Sérgio Guerra, têm aparecido na imprensa defendendo o governador goiano.

    Com a ameaça, o líder do PSDB na Câmara, Bruno Araújo (PE), apressou-se em declarar que nenhum integrante da bancada pediu alguma decisão sobre o colega deputado.

    Segundo ele – e apesar de fartas provas– dentro da legenda a situação de Lereia é, tranquila. No entanto, na Corregedoria da Câmara, o deputado Jerônimo Georgen (PP-RS) anunciou que deve pedir a abertura de um processo por quebra de decoro contra o congressista.

    Isso porque, na semana passada, Lereia fez pronunciamento na Câmara parabenizando a Cachoeira, que fazia aniversário.

Comente