Uncategorized

Câmara ensaia absolvição de deputados

Relatores de processos dizem não ver indícios contra Rubens Otoni (PT), Sandes Júnior (PP) e Carlos Leréia (PSDB). Grupo que analisa o caso dos três deputados entregará parecer conjunto ao Conselho de Ética até o fim do mês.

De Erich Decat, na Folha de S. Paulo:

Os relatores responsáveis por avaliar a relação dos deputados Rubens Otoni (PT-GO), Sandes Júnior (PP-GO) e Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO) com Carlinhos Cachoeira sinalizam para o arquivamento das investigações, o que eliminaria a abertura de um processo de cassação.

Evandro Milhomen (PC do B-AP), Maurício Quintella (PR-AL) e Jerônimo Georgen (PP-RS) integram o grupo que vai avaliar os deputados. Eles deverão entregar um parecer conjunto até o final do mês.

Responsável pelo caso de Sandes Júnior, Quintella disse ter questionado os delegados das operações Vegas e Monte Carlo sobre a participação de Sandes Júnior.

“O da Vegas me disse que ele recebeu apenas um telefone Nextel e que não havia indícios de crime. O da Monte Carlo disse que no caso dele nem Nextel tinha.”

Citado em diálogo com Cachoeira, Sandes Júnior é alvo de inquérito aberto no STF.

Relator do caso de Otoni, Milhomen diz que não encontrou indícios contra o colega: “Eles não apresentaram nem a gravação”, disse, sobre vídeo em que Otoni aparece discutindo com Cachoeira pagamento de R$ 100 mil. Georgen diz que aguarda acesso aos documentos de Leréia.

9 Comentários

  1. Wilson Catupirai Responder

    É tudo fruto da nossa imaginação, assim como as imagens do Sergio Cabral são montagens…..coitados!!!

  2. Situação e oposição tudo farinha do mesmo saco (PSDB, PP e PT), ninguém na realidade quer apurar nada, todos estão envolvidos.
    Essa CPI só têm um objetivo enrolar os eleitores.

  3. Everson Darbeville Responder

    Compatriótas leitores, é de questionar-mos se o Brasil está realmente evoluíndo como Nação, como sociedade e raça. O tal Cachoeira da vida não é inocente e nem é bonzinho mas um desqualificado que deturpa o funcionamento digno e ético esperado pelo povo das intituíções brasileiras. Negociou, vendeu e traficou influência com os ‘representantes..’ do povo. – Representantes?! – Afinal, algum brasileiro não vendido – como Cachoeiras e políticos gatunos – acha que é representado quando elege um banabóia aproveitador que presta muito, muito, muito mais desserviços à Nação do que projetos de desenvolvimento viáveis. Não estou falando aqui de obras públicas e estruturais que é a obrigação de uma sociedade constituída por um Estado e representantes… do povo e que fazem esses sujeitos que administram… o Brasil aparecer d’um jeito mais rápido na mídia e na imprensa morna do Brasil. Falo de obras e politicas desenvolvimentistas. Não há no Brasil nos últimos 512 anos parceria patrióta entre os brasileiros da política mas sim uma guerra mesquinha corrosiva ao Brasil típica de países de terceiro mundo que teimam em não evoluir com tanto potencial em pleno século XXI. O povo sabe que é pano de fundo essa profusão se siglas partidárias estúpidas que existem no país. O povo sabe que esses caras são cretinos em sua ampla maioria em que são completamente incapazes de administrar até um galinheiro. O povo sabe que entram na porno-politica pensando tão somente e exclusivamente nas múltiplas regalias, favores e dinheiro farto. Sabe que estão dando acesso para eles ao moranguinho-com-creme-de-leite e para suas famílias passivas. Sim, ofendem nossa inteligência quando mentem em propagandas marqueteiras que pensam e preocupam-se com o Brasil como Nação e que vão fazer supostas bem-feitorias somente por que amam a Pátria. Ora, cretinos tipo Cachoeira da vida, Sarneys, e Lulas sequer sabem o que significa Amor…A carência de um poder Judiciário totalmente independente dos outros é nociva e lesiva ao povo do Brasil. O Judiciário não é independente e em sua corte maior Juízes são nomeados por Presidentes da República. Pura troca de favores que sempre é usada nas infinitas negociatas que constituem a política brasileira em mais influencismo sempre contra os interesses maiores do Brasil como se vê no caso Mensalão em que Lula paz&amor dizia nada saber… e como se vê agora com Cachoeira. Troca de influencia e poder – que é cedido pelo povo aos representantes dele próprio – para abrandar assaltantes do erário nacional. O povo lamenta e espera avidamente que esses sujeitos desqualificados que nem vergonha tem de serem tão cavajestes com o seu povo e sua pátria morram logo por que seguramente nao farão falta ao Brasil do século XXI que quer ser grande. Causa vergonha há 512 anos sermos o eterno país do futuro que nunca chega. Que nunca chega por que essa geração de políticos como Sarney, Lula, Dirceus, Malufs entre outros eminentes banabóias não morrem e ainda por cima ousam internarem-se em hospitais caríssimos para tratr suas podres doenças e cuja a conta fica para o povo do Brasil que se trata em SUS – quando consegue se tratar de doenças antes de morrer – pagar. Queremos um Estado ético e moral, OAB, Ministério Público, salvem o Brasil, Poucas pessoas não podem e não devem ter mais poder concentrado do que 190milhões de outras.

  4. Existe uma revolta muito grande na população contra o Congresso. Na opinião popular, e que todo dep. E ladrão. E muito perigoso isto.Podera derepente, movimentos hostis,contra DeputadosE muito perigoso esta situação.

  5. antonio carlos Responder

    Estes deputados são vítimas desta tal de PIG, que só denuncia inocente. E ainda tem gente que insiste na liberdade de imprensa. Certo mesmo está o Chavito, imprensa só chapa branca. ACarlos

  6. Claro que o corporativismo impera.
    Coloquem isso nas mãos do ministério público pra ver o que vai dar, coloquem.

Comente