Uncategorized

A homenagem
dos taxistas

Mais de 450 taxistas e familiares lotaram na noite de ontem o espaço de eventos Toscana para homenagear o prefeito Luciano Ducci e o deputado estadual Ney Leprevost.

Valdemar Rocha, um dos líderes da classe, discursou e agradeceu ao prefeito pela sanção da nova lei que regulamenta o registro dos taxis em Curitiba e ao deputado Ney pela sua Lei de Incentivo ao Uso de Taxis, para tornar o trânsito mais seguro.

“O prefeito Luciano está sendo muito competente no relacionamento que mantém com a nossa categoria profissional e o Ney, mais do que nosso deputado, é um amigo leal de todas as horas”, afirmou Valdemar.

O presidente da URBS, Marcos Isfer e o deputado Roberto Aciolli, que foi taxista, também participaram do encontro.

“Fico muito feliz de estar ao lado deste jovem e competente deputado Ney Leprevost junto com vocês. Ninguém mais do que os taxistas, pode confirmar o quanto transformamos Curitiba em um canteiro de obras”, afirmou Ducci.

Em seu discurso, o deputado Ney contou que ele mesmo tem o hábito de utilizar o serviço de taxis.

“Confio e tenho a confiança dos taxistas de Curitiba. Sou muito grato por esta homenagem que reforça meu compromisso firme com esta importante classe de trabalhadores”, afirmou Ney.

Na oportunidade, o prefeito e o deputado receberam como troféus réplicas em miniatura dos taxis de Curitiba.

25 Comentários

  1. O deputado Ney Leprevost ganhou meu respeito e admiração. Fui ao gabinete dele, apresentei um problema e recebi RETORNO. Isto é o que se espera de um homem público.

  2. Apesar de atleticano, o Ney realmente é um cara trabalhador e humilde. O que este moço fez e faz pela saúde não é brincadeira. Tem meu voto !

  3. Nós taxistas de Curitiba samos Osmar Serraglio e Ney Leprevot . Esses nos dão atenção fora da época da eleição. O resto só aparece para pedir voto.

  4. Claudinha da Água Verde Responder

    Minha mãe é voluntária na ACOA, Ass. das Crianças Órfãs da Aids . Lá a mulherada é tudo Ney .

  5. Em minha opinião o Leprevost não deveria ser vice do Duci. É um rapaz bom que não pode se queimar . Tem que esperar para daqui 4 anos ser o prefeito .

  6. Nos sábados a tarde sempre vejo o Ney brincando com o filhinho dele no parque Tingui . O homem é uma simpatia.

  7. Combatente contra o câncer Responder

    Só pela lei que garante mamografia para todas as mulheres do Paraná, Ney Leprevost já merece meu voto o resto da vida.

  8. Paulo Petrocini Responder

    Estudei com o Ney no Bom Jesus. É um cara leal aos amigos, muito culto e preparado, sensível aos problemas dos menos favorecidos e vocacionado para a atividade humanitária. Muito bom de contato com o povo. Mas por incrível que pareça, não tem muito estômago para aguentar as trairagens e pilantragens dos políticos. Seria melhor médico do que deputado, gosta mais de livro do que de dinheiro, troca uma viajem a China por uma churrascada com cerveja gelada. Grande amigo, mas na minha opinião não gosta de ser deputado. Fica na política por que gosta de povo. Abraço, Fábio.

  9. A prefeitura ainda não se adequou a medida provisória 571/2012, algo que deveria contemplar no plano diretor.
    A CIDADE ESTÁ INSEGURA JURIDICAMENTE, pois, tal medida já está vigorando desde 28/05/2012.
    Enquanto o prefeito está preocupado em fazer campanha política e deixando sua obrigação principal.

  10. O Ney para não se queimar politicamente deve abandonar esse barco furado do Luciano Ducci. A saúde em Curitiba está uma lástima. como pode um defensor da saúde como o Ney apoiar esse prefeito.

  11. Osmario Martins Ribas Responder

    É um dos poucos deputados do Paraná, que merece todo o respeito da população, não só de Curitiba, mas, de todo o Estado. É incansável na defesa dos menos favorecidos e está sempre ao lado daqueles que lutam por uma melhor condição de vida. Está de parabéns os taxistas por tê-lo como amigo. Jamais irão se decepcionar, como não se decepcionarão nunca seus eleitores que nele acredita. Por ser humano,honesto e acima de tudo um paranaense de boa cepa e que honra o Paraná e a terra em que nasceu.

  12. Os taxistas de todo o Brasil devem muito ao Osmar Dias, Jairo Marcelino e Nélson Meurer…

    Estes lutaram a favor da classe, quando um deputado do PSDB cearense queria tomar as placas dos autônomos, através de um projeto…

  13. Na Polícia Militar a maioria dos meus amigos votam no Leprevost. É um cara sério e trabalhador.

  14. Comentarista Geral Responder

    Na minha avaliação o Ducci vai precisar de um vice que fale bem, que tenha ficha limpa com a justiça, que não crie caso com a equipe depois de eleito, que seja amigo do Beto Richa, que tenha simpatia em todas as classes sociais (principalmente na que vota no Fruet) , que não seja vinculado com a antiga mesa da Assembléia Legislativa, que tenha bons projetos realizados para mostrar na televisão, que abra portas nas famílias tradicionais de Curitiba, que não tenha medo de ser duro com os adversários quando o prefeito for atacado e que, acima de tudo, seja nascido e criado em Curitiba. O Leprevost, a princípio, parece ser quem reúne esses atribudos . A questão é : ele topa entrar na chapa ? Como sabemos foi ele quem liderou a campanha do Fruet para senador em Curitiba. Não vai ficar constrangido de fazer campanha contra o primo ? Outra coisa: deputado ganha bem mais do que vice prefeito. Ele tem condições de abrir mão dos proventos durante 4 anos ? E se o Ducci não ganhar? Ele fica deputado mas perde os apoios que tem no interior, pois não vai poder estar na campanha aqui e nos municípios ao mesmo tempo. E aí, se reeleje só por Curitiba ? Tudo bem que é o deputado mais votado da capital. Mas não é muito risco para alguém tão jovem abrir mão de tudo isto ? Eu pensaria muito bem antes de aceitar uma missão destas. Mas que é o cara para ajudar a ganhar a eleição , não há dúvidas. Outro nome seria o Rubens Bueno, mas acho que criaria muitos problemas depois de eleito. E também não sei se deve sair da CPI do Cachoeira onde está fazendo um bom trabalho.

  15. A Associação das Amigas da Mama e a Pastoral da Criança também tem muita gente que simpatiza com o deputado Ney. Ele nunca nos negou seu apoio.

  16. Peter Bad Hass Harthes Responder

    Comentarista Geral mandou bem.
    O que achei interessante foi a unanimidade de manifestações positivas pro-Leprevost, às quais me engajo.
    Justamente numa época de safra ruim pros políticos, em triste baixa.
    Dá prá se pensar até em cabeça de chapa, sei lá, entende, como diria Patropi.

  17. Aparecida Cavalcanti Responder

    Quando nenhuma porta se abria e eu estava desesperada com a situação da minha mãe doente, Deus me deu uma luz e eu procurei o deputado Ney Leprevost. Este moço me ajudou e se tornou meu amigo. Só tenho que agradecer.

  18. Dr. Jonas Milleo Responder

    O doutor Ney Leprevost tem um conceito muito bom entre meus colegas advogados, juízes e promotores. Tive a oportunidade de asistir o discurso dele na ocasião em que recebeu a MEDALHA GRALHA AZUL da Polícia Federal . É um jovem muito preparado intelectualmente e espiritualmente.

  19. Amigos da Vila Hauer Responder

    Quem sempre ajudou nossa paróquia, liderada pelo incansável padre Luís Kleina, foi o Leprevost. Por isto ganha meu apoio para o que concorrer.

  20. Vigilante da Política Responder

    Levantei a ficha deste senhor Ney Leprevost em todas as instâncias. É limpa. Só acho que seu estilo de política combina mais com o do Fruet do que com o Ducci. Se saísse para prefeito com Fruet de vice ,ou o contrário ,ganhavam em primeiro turno. Mas também não acho este Ducci ruim. Só não voto no Greca.

  21. Não estou entendendo mais nada. O vice do Luciano Ducci é o Ney ou aquele cara que tem uma filha bonitona vereadora? Se for o Ney, ótimo. Senão põe a bonitona, não o veio.

  22. Classe dos garçons também é fechada co Ney. Não é só saúde e taxista que ele ajuda. Não esqueçam de nois.

  23. trabalhista brasileiro Responder

    Ney é o unico pre candidato que possivelmente tiraria votos do Gustavo |Fruet,se o Luciano realmente quer ter chance esse é o nome certo para seu vice.

  24. Em Ctba, é de conhecimento de quase todos que tem 3 ou 4 famílias organizadas que possuem juntas uns 250 táxis da frota total de 2250 táxis.
    Se uma placa já valia R$300.000,00, agora imaginem para quanto irá o preço da licença no mercado clandestino de placas?
    Desse jeito, os cessionários das linhas de ônibus, das lojas instaladas dos terminais de ônibus, mercado municipal, rodoviária, Rua 24 Horas, futuramente a Pedreira Paulo Leminski, Jardim Botânico, Ópera do Arame e outros cessionários poderão postular o mesmo direito da hereditariedade .
    Num país onde vige o Estado Democrático de Direito, a hereditariedade das concessões destoa e retroage ao tempo da Capitanias e dos Cartórios Extrajudiciais.
    Assim, roga-se que o MP, OAB ou outros legitimados proponham a INCONSTITUCIONALIDADE desta Lei.
    Também como é sabido, as Casas de Leis do país afora têm entre seus órgãos uma tal de CCJ – Comissão de Constituição e Justiça que não entende nada de Constituição, tanto que 80% das Leis foram declaradas inconstitucionais pelo STF – fonte:Anuário da Justiça Brasil 2012.

Comente