Uncategorized

TCU multa Pedro Álvares Cabral: 50.000 reais

Do Lauro Jardim:

Seria só mais um caso do TCU não tivesse sido condenado um homônimo de Pedro Álvares Cabral.

O caso refere-se a uma compra feita em 2004 pelo comando do 11º Batalhão de Infantaria Blindada.  Seu chefe era o  Coronel Almirante Pedro Álvares Cabral. Para não deixar o caso mais confuso, Almirante é o primeiro nome de Pedro Álvares.

Por ter pago antecipadamente 858.152 reais por um produto que não foi entregue, Cabral foi condenado a uma multa de 50.000 reais e, solidariamente com a empresa e demais militares envolvidos no caso, a ressarcir o valor da compra aos cofres públicos.

2 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    Ele foi multado tardiamente por ter ancorado sem licença em reserva ecológica. Quem sabe apresentem a conta aos descendentes.

  2. Se for assim a turma que tá metendo a mão no jarro hoje, serão multados somente em 2520 dc!!!!!

Comente