Uncategorized

Inelegíveis

Saiu a lista de inelegíveis. O TCE publicou os nomes dos políticos impedidos de concorrer no pleito deste ano. São nada menos do que 1.098. A lista atende à legislação eleitoral, que prevê que o gestor com contas irregulares não pode ser novamente eleito. Quem teve rejeitadas suas contas, em decisão irrecorrível das Câmaras Municipais ou do Tribunal de Contas, poderá ter a candidatura impugnada na Justiça Eleitoral pelo Ministério Público ou outro legitimado. Está dada a largada para a corrida aos advogados.

Veja a lista aqui.

2 Comentários

  1. Eros Sem Rabinho Responder

    http://londrina.odiario.com/blogs/pacocacomcebola/2012/06/05/erros/

    A lista do Tribunal de Contas do Estado do Paraná aponta erros em sua formatação que são primários.

    Por exemplo ao você entrar na página – http://www.tce.pr.gov.br/servicos_ExibirRelatorios.aspx?t=8 e procurar pelo município tal encontramos o nome de alguns personagens interessantes mas nada a ver por aqui. O indexador do sistema pode mandar para cá, como manda para o escambau.

    É o caso da ex deputada federal do PT de Brasília que resolveu presentear como cachacinhas pagas com dinheiro do Roberto Requião na tal COPA – Conferência Parlamentar das Américas (com patrocínio da Itaipu e tudo mais).

    Quem é ela? A deputada médica Maninha, que hoje está militando no PSTU. Levou pau na prestação de contas do evento de 200 mil reais (grana paranaense) e aparece por aqui. E mais outros dois menos cotados – ALAOR ALVIM PEREIRA, LUIZ SÉRGIO AMAZONAS GOMES MULINARI e MARIA JOSÉ CONCEIÇÃO MANINHA.

  2. Doutor Prolegômeno Responder

    Com todo respeito, isso é um exagero. Acaba dando motivo para o Congresso aprovar uma lei dispensando a ficha limpa para as condenações dos TCs, porque qualquer servidor, condenado a devolver o dinheiro de um sanduíche pago indevidamente com o dinheiro público será inelegível. Já, aqueles que podem pagar os advogados da Corte, a peso de zilhões, podem roubar à vontade, pois serão candidatos a qualquer cargo, e nem a adega premium vai ser tocada.

Comente