Uncategorized

STF injetou corrupção
no cartaz da eleição

Do :

Em condições normais, dois espetáculos não são exibidos num só palco. Dividido entre um e outro, o público não dá atenção a nenhum dos dois. O STF acaba de desafiar essa lógica. Estava aí em cartaz a eleição municipal de 2012. E o Supremo pendurar na porta do teatro um novo letreiro: mensalão.

Reunidos em sessão administrativa, os ministros do Supremo marcaram para o dia 1o de agosto o início do julgamento do escândalo. Numa fase em que a política, cada vez mais teatral, instila tédio na plateia, a performance das togas tende a monopolizar as atenções.

Em 21 de agosto, vai ao ar a propaganda eleitoral televisiva. Estima-se que o julgamento dos mensaleiros vai durar mais de um mês. A fase das sentenças só chegará em setembro, na boca das urnas de outubro. Quer dizer: enquanto os candidatos estiverem vendendo ao eleitor um Brasil da pedra polida, o Supremo estará esfregando na face de todos um país da pedra lascada.

As intervenções dos advogados dos 38 membros da “quadrilha” e a exposição dos votos dos onze julgadores recordarão episódios que o PT e seus agregados gostariam de esquecer. Vai ao centro do palco uma coletânea dos piores momentos do primeiro reinado de Lula. Um período em que a desfaçatez tomou de assalto a cena. Roubou (ops!) o espetáculo.

Dependendo do teor das sentenças do Supremo, o eleitor pode ser empurrado para dois caminhos: a abstenção ou o voto consciente. Os fatos vão cobrar um posicionamento. Nem que seja uma cara de nojo. Mesmo que queira, o eleitor não conseguirá se refugiar na indiferença. As imagens do STF serão transmitidas em tempo real na internet. Da TV Justiça, irão aos telejornais. Dali às mídias impressas. Notícia atrás de notícia, num frenesi só comparável ao do tempo do impeachment.

Não é à toa que Lula andou procurando ministros do STF para fazer lobby pelo adiamento. Dono de intuição aguçada, ele sabe os prejuízos que a coincidência de calendário pode impor ao seu partido e aos seus candidatos. Daí também o esforço do petismo para converter a CPI do Cachoeira num terceiro palco, um patíbulo para os antagonistas. Joga-se na indiferenciação.

Por mal dos pecados, a oposição ajuda Lula e o PT. O ex-demo Demóstenes Torres, moído pelos grampos da PF, tornou-se ex-Demóstenes. O tucano Marconi Perillo perde-se nos desvãos de uma casa de horrores. E José Serra, principal candidato do PSDB no pleito de 2012, acaba de enfiar dentro de sua aliança o PR do mensaleiro Valdemar Costa Neto. Na era do show biz, faltam mocinhos ao enredo.

4 Comentários

  1. AO CÉU!!! COMO SUBIREMOS NAS ALTURAS DO PALCO DA JUSTIÇA QUE EMBORA VELHA E CÉGA E QUE VERDE ESTÁ SOBRE OS OMBROS DOS DETENTOS DA SÊDE DA LIBERDADE; A ESCADINHA LONGA E COM DEGRAUS CRESCIDOS DA HISTÓRIA A CADA UM DELES COMEÇANDO COM A CUPULA DO PERDÃO QUE LHE É DEVIDA EM SER APLICADA A MAROSCA, NO QUE EM SEGUNDO PERIODO AS DESAVENÇAS COM CALOR CHEGA AS NUVENS, PRIMEIRO AS ESCURAS COM RAIOS DE ALTA TENSÃO SE ENCOBRINDO SOB OBSCURO E NEBULOSO DA AÇÃO DE QUEM NÃO VAI APARECER AO OUTRO LADO SEM A DEVIDA PARTILHA DA SUA CLARA ALMA SEM PECADO QUE SÓ VEREMOS SE ERGUER AQUELE QUE DEIXAR O QUE FATUROU POR AQUI E ENQUANTO NÃO DER DESTINO TOTAL EM TUDO NÃO VAI SE DIGNO DE DESFRUTAR NAS ALTURAS, JÁ DEPOIS DAS NUVENS BRANCAS E SEM TRIBULAÇÕES COM O DESEJO DA MAIOR PARTE DOS QUE FICAM POR AQUI CORRENDO ATRAS DE CABINES A DEPOSITAR A SUA CONFIANÇA E ENTREGA AOS BRAÇOS DE QUEM MEREÇA O VOTO LICÍTO SEM CORRUPÇÃO A LIBERDADE E DOÇURA DA JUSTIÇA MESMO QUE SEJA FALSA SERA CONSIDERADA FATAL AO PESCOÇO DAQUELE QUE TIROU DO MENDIGO E NÃO ACOLHEU MESMO NÃO SENDO SEU!!!
    PENSE NISSO ANTES DE DIVULGAR O SEU NUMERO AOS ELEITORES; CASO NÃO FAÇA AINDA DA TEMPO DE TROCAR DE PARTIDO!!!

  2. sergio silvestre Responder

    Vivemos assistindo peças,em que os atores são politicos e magistrados,Campana.
    Fingem de cá ,que nós fingimos de lá.
    Eolhe que são bons atores,tanto que conseguem colocar sua atuação
    perante milhões de brasileiros,mesmo nós sabendo,que fazem gato e sapato da população.]
    E olha que tem alguns que mareceriam até um oscar.
    Tribunos empoleirados em muros que só mordem depois sopram.
    Eum supremo onde seu presidente e figura que dá muita desconfiança até em seus colegas
    Mas assim caminha a humanidade(muito usada por um blogueiro barbudo)mas vamos assistindo essa pornochanchada teatral,e vamos ver até onde essa esculhambação vai.

  3. Parreiras Rodrigues Responder

    Se os estudos dos Maias estiverem errados, o mundo não acaba em dezembro, 21.

    Prá muita gente, no entanto e graças a tudo o que é santo, arcanjo, querubim e serafim, acaba pruma gama de safados, mentirosos, ladrões, ludibriadores da fé do povo – que não são apenas os pastores duma meia dúzia de igrejas (?) pelaí.

Comente