Uncategorized

Em Foz, PT confirma Gilmar Piolla

O Partido dos Trabalhadores de Foz do Iguaçu deu mais uma demonstração de estar unido no fortalecimento da candidatura própria de Gilmar Piolla. Durante o Encontro Municipal de Definição de Tática e Estratégia Eleitoral, realizado na tarde de ontem,10, 165 delegados eleitos reafirmaram apoio ao pré-candidato, Gilmar Piolla, para disputar a sucessão á prefeitura de Foz do Iguaçu.

” O PT reafirmou a pré-candidatura de Gilmar Piolla á prefeitura e coloca novamente este nome a apreciação dos partidos para composição de uma grande frente partidária a favor de Foz. A prioridade é buscar aliança com os partidos da base de sustentação do prefeito Paulo Mac Donald, como foi definido pelos delegados”, reforçou o presidente do PT, Olivério Pacheco.

Durante o evento, um tema bastante discutido entre os delegados foi a viabilidade da candidatura própria. Os militantes acreditam que a proposta tem bastante aceitação popular e atende o desejo da população por renovação política.

“A Direção do PT vê com bons olhos o nome de Piolla, que agrega apoios importantes da militância e da população, o que gera um cenário positivo para uma candidatura competitiva e uma aliança forte”, disse o representante do Diretório Estadual, Florisvaldo Souza, que acompanhou o encontro.

Além disso, o partido tem como principal bandeira um projeto estratégico para o desenvolvimento da cidade, o que já vem sendo construído com dezenas de ações iniciadas pelo ex-presidente Lula e ampliadas no mandato da presidente Dilma Roussef nas áreas de saúde, educação, segurança, habitação, turismo e infraestrutura.

” O PT representa a esperança de renovação. O iguaçuense recuperou a autoestima em razão dos programas do Governo Federal, da Itaipu Binacional, em parceria com a prefeitura. Nos próximos meses a cidade atingirá R$ 1 bilhão em investimentos repassados pelo Governo Dilma, trazendo mais progresso e qualidade de vida para os moradores. O próximo prefeito deve ter a virtude de ampliar as parceria com os governos, buscando mais avanços para o município, e unir partidos e a população em torno de um projeto para o futuro”, acredita Piolla.

Durante o encontro, os delegados decidiram desconsiderar uma aliança do PT na majoritária, caso se confirme as candidaturas de Fernando Giacobo (PR), Osli Machado (PPS) ou Ruberlei Santiago (PP) dentro do grupo de partidos aliados ao governo municipal.

No entendimento dos militantes, há uma grande dificuldade de consenso em torno destes nomes e eles não possuem viabilidade política neste momento. É importante reiterar que essa decisão não implica em veto aos partidos dos respectivos pré-candidatos em uma ampla união política pela cidade.

Sem candidatura própria, a aliança do PT como vice será encabeçada por Joel de Lima. A decisão da coligação majoritária e proporcional (chapa de vereadores) será homologada pela Comissão Executiva, composta por 11 membros, no dia 30 de junho – última data para a convenção partidária.

3 Comentários

  1. Este “ontem,10, 165 delegados” é a cara do PT. Vou rir muito quando ler o ontem, 7, 3000 votos em gilmar piolla. Este tipinho que se acha muito espertinho não merece mais que 3000 votinhos.

  2. Antenor Retardado Responder

    Nesta próxima eleição em Foz do Iguaçú quem leva é o Reni Pereira do PSB. Podem apostar, é o melhor nome na atualidade.

Comente