Uncategorized

Hugo Chávez comemora entrada da Venezuela
no Mercosul

Da Folha de S. Paulo:

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, comemorou a entrada do país no Mercosul, anunciada nesta sexta-feiradurante a cúpula de presidentes do bloco, em Mendoza, na Argentina. A medida será oficializada em reunião de presidentes em 31 de julho, no Rio.

Em entrevista à emissora multinacional Telesur, Chávez afirmou que a Venezuela saberá ocupar o lugar no Mercosul. “Agora, com a Venezuela no Mercosul, estaremos ocupando um lugar entre um dos maiores e mais importantes blocos do mundo”.

O mandatário destacou a quantidade de recursos naturais que terão o grupo. “Temos agora uma das maiores e mais importantes reservas de petróleo, gás e água do mundo. Com a Venezuela, o Mercosul se estende desde a Terra do Fogo até o Caribe. O Caribe agora é parte do Mercosul”.

Chávez disse que o bloco, assim como a Unasul (União de Nações Sul-Americanas) e a Alba (Alternativa Bolivariana de Nações), é “um escudo contra o imperialismo” e lamentou a ausência do Paraguai, criticando o governo de Federico Franco.

“Não tenho resposta para dar àqueles senhores. Eles estão atropelando e desrespeitando o Mercosul e a Unasul. Não vamos permitir que voltem os golpes de Estado. Temos que manter o mandato do povo”.

INCORPORAÇÃO

A Venezuela será incorporada ao Mercosul em reunião especial que será realizada em 31 de julho no Rio de Janeiro, anunciou nesta sexta-feira a presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, no âmbito da Cúpula de chefes de Estado do bloco.

O acordo tem a assinatura dos líderes de Brasil, Uruguai e Argentina (membros pleno do Mercosul). O Paraguai, que não havia ratificado essa decisão em seu Parlamento, está suspenso do bloco devido à deposição do ex-presidente Fernando Lugo.

O país governado por Hugo Chávez pediu para entrar no Mercosul em 2005, em uma cúpula de presidentes realizada em Caracas. Desde então, Brasil, Argentina e Uruguai aprovaram a incorporação nos poderes Executivo e Legislativo. A aprovação pelo Paraguai estava pendente desde 2009.

19 Comentários

  1. … é “um escudo contra o imperialismo”
    …Não vamos permitir que voltem os golpes de Estado.

    ….de onde será que este Senhor veio ?
    ….fumou algo estragado ?

    Afinal, prá que serve mesmo esse Mercosul, onde as cadeiras principais ficam constantemente desalinhadas (Argentina e Brasil) por barreiras protecionistas e outras “sacanagens”…

    Deve ser mais um “cabidão” dos cumpanhero….

  2. O seu pupilo não te contou a novidade ainda? que coisa feia fazer isso com o velho camarada…….pq vc não passa o furo logo meu

  3. Parreiras Rodrigues Responder

    omo diria Vinicius de Morais: Não acredito na idoneidade dum clube que me aceite como sócio!

  4. No próximo ano haverá eleição para presidente na Venezuela, quem têm que decidir se Chávez é uma boa opção é o povo venezuelano não os “reaças” espalhados pelo Mundo, afinal a Venezuela é um país soberano!

  5. Cajucy Cajuman Responder

    O afastamento do Paraguai, temporariamente, do Mercosul, não foi por falta de democracia etc e tal, como alardearam.

    Foi, na verdade, a única oportunidade de fazer com que a Venezuela entrasse imediatamente para o bloco do Mercosul que, aliás, era o Paraguai que estava contra tal adesão.

    Portanto, escantearam o Paraguai até abril do próximo ano, periodo em que o país terá eleições presidenciais – e Lugo promete ser candidato para tentar voltar ao poder – e chamaram Chávez…

    Ese é o jogo. O povo paraguaio está satisfeito com a democracia do país e, mais ainda, com a troca de presidente. O resto é papo fiado.

  6. Mercosul? Que eu saiba merco somos nos, sur e o resto. Estamos carregando esse lixo faz tempo nas nossas costas.

  7. CAÇADOR DE PETISTAS Responder

    Os contatos políticos entre petistas e guerrilheiros das Farc são antigos. Começaram em 1990, quando o PT realizou um debate com partidos políticos e organizações sociais da América Latina e do Caribe para discutir os efeitos da queda do Muro de Berlin

    Nos arquivos da Agência Brasileira de Inteligência em Brasília há um conjunto de documentos cujo conteúdo é explosivo. Os papéis, guardados no centro de documentação da Abin, mostram ligações das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) com militantes petistas. O principal documento nos arquivos foi datado de 25 de abril de 2002, está catalogado com o número 0095/3100 e recebeu a classificação de “secreto”. Em apenas uma folha e dividido em três parágrafos, esse documento informa que, no dia 13 de abril de 2002, um grupo de esquerdistas solidários com as Farc promoveu uma reunião político-festiva numa chácara nos arredores de Brasília. Na reunião, que teve a presença de cerca de trinta pessoas, durou mais de seis horas e acabou com um animado forró, o padre Olivério Medina, que atua como uma espécie de embaixador das Farc no Brasil, fez um anúncio pecuniário. Disse aos presentes que sua organização guerrilheira estava fazendo uma doação de 5 milhões de dólares para a campanha eleitoral de candidatos petistas de sua predileção. A notícia foi recebida com aplausos pela platéia. Faltavam então menos de seis meses para a eleição. Um agente da Abin, infiltrado na reunião, ouviu tudo, fez um informe a seus chefes, e assim chegou à Abin a primeira notícia de que as relações entre militantes esquerdistas, alguns deles petistas, e as Farc podem ter ultrapassado a mera simpatia ideológica e chegado ao pantanoso terreno financeiro.
    o Foro de São Paulo
    DILMA e LULA, estão conseguindo colocar o Brasil no eixo do mal conforme consta do acordo com Fidel Castro firmado no Foro de São Paulo.
    Abram os olhos brasileiros.

  8. Vigilante do Portão Responder

    Lembro de uma música:

    …Tudo passa,
    Tudo passará…

    Um dia, a Venezuela ficará livre do Hugo Chaves e poderá ser uma boa parceira.

    O Mercosul, como ideal de união, deve ser pensado para durar muitos e muitos anos.

    Passarão os Lugos, as Cristinas, o PT, e tudo mais.

  9. Agora temos um chefao no Mercosul !!!

    Dilma, Cristina, Evo, Rafael Correa ..todos capachos do novo chefe..so faltava o Fidel Castro como membro honorario !!!

    Quem disse que o inferno eh um lugar distante ???

  10. A que ponto a dilplomacia do Brasil chegou ??? Visconde do rio Branco ficaria horrorizado com tanta subserviencia !!!
    Brasil grandalhao e bobalhao !!!

  11. Está correto, o MARQUES! –
    Pois de acordo com nosso grande, eterno, único, iluminado e plenipotenciário superpresidente Lulla da Silva, o Chávez botou DEMOCRACIA ATÉ DEMAIS, lá na Venezuela!
    Já o Paraguay, depois da enorme chance que deram para ele se defender dos gorilas vermelhos, na tal UNASUL, mas nem apareceu lá, tem mais é que ficar de fora mesmo.
    E VIVA O BOLIVARIANISMO!

  12. Temos que conviver,com os desastrados e mentiros da América Latina,Dilma pense positivo,largue destes mentirosos,se alie a Países decentes,progressistas e nao siga estes que estao com você. Pois eles nao teriam governabilidade por muito tempo, caso PARAGUAY.

  13. antonio carlos Responder

    Adorei a entrada do Chavito no Mercosul, agora vamos ter gás natural em abundância e petróleo a dar com pau. Agora Madame K nem precisará mais se preocupar com a recapitalização da falida YPS, é só vender pro ditador venezuelano, ele compra na hora. Então, é boa ou não a entrada dos venezuelanos nos pedaço? ACarlos

  14. sergio silvestre Responder

    Avenezuela como o brasil,tem governos com muita popularidade.
    Mas tem uns 8% que esperneiam até com desenvoltura.
    Enquanto o CHAVES ,estiver vivo,vencerá as eleições na venezuela.
    Bom,porque terá muito assunto para os reaças discutirem entre eles.
    Enquanto isso a venezuela bomba.

Comente