Uncategorized

STF inicia troca de vidros estilhaçados após voo rasante de caça Mirage

Funcionários trabalham na limpeza da fachada de vidro do Supremo destruída após passagem de caça da FAB em voo rasante neste domingo (1) (Foto: G1 DF)

Trabalho de reposição deve demorar cerca de duas semanas. Despesa com substituição da fachada será paga pela Aeronáutica.

Do G1 DF:

Os trabalhos de reposição dos vidros estilhaçados na fachada do Supremo Tribunal Federal (STF) por um voo rasante de um caça Mirage F-2000 da Força Aérea Brasileira (FAB) estão previstos para começar nesta terça-feira (3). A estimativa, segundo a assessoria do STF, é que o serviço se estenda por duas semanas.

Vistoria realizada nesta segunda (2) pelos setores de manutenção da Corte demonstrou que foram quebrados 320 metros quadrados de vidros. A troca dos vidros custará R$ 35 mil, de acordo com o STF. Uma empresa que mantém contrato com a Corte ficará encarregada de trocar as vidraças.

A manobra dos pilotos da FAB no último domingo (1º) quebrou 65 vidraças de grande porte e uma quantidade ainda não calculada de vidros pequenos. O incidente desalojou o presidente da Suprema Corte, Carlos Ayres Britto, que teve as janelas do gabinete destruídas.

A assessoria do STF informou que os novos vidros serão iguais aos que foram quebrados pela onda supersônica do Mirage F-2000 que participava da solenidade da troca da bandeira na Praça dos Três Poderes. O tribunal, contudo, pretende avaliar, futuramente, a substituição da fachada da sede do Judiciário por vidros temperados, mais resistentes.

Afastamento
A Aeronáutica informou nesta segunda-feira (2) que foi temporariamente afastado o piloto do caça Mirage F-2000 responsável pelo voo que danificou as vidraças do STF. Uma investigação apura as circunstâncias do incidente. “O piloto passará por uma avaliação operacional e poderá sofrer sanções”, diz nota divulgada pela Aeronáutica.

Segundo a nota, os danos foram causados quando uma das aeronaves que sobrevoava a Praça do Três Poderes atingiu 1.100 km/h, “excedendo o limite de velocidade adequada”, em cerimônia de troca da bandeira. A assessoria da Aeronáutica explica que o recomendado é que a velocidade da aeronave não se aproxime da velocidade do som, que é de 340 m/s ao nível do mar (1.100 km/h equivalem a cerca de 305 m/s).

“Não houve quebra da barreira do som, mas o deslocamento de massa de ar foi suficiente para romper a vidraça”, explica a nota. “Vale salientar que todos os sobrevoos ocorreram em altitudes dentro das margens de segurança e não houve risco de acidente com as aeronaves”, diz ainda o texto.

7 Comentários

  1. Despesa do voo + vidros quem paga é a Aeronautica = nós , povo.
    Brinquedo caro este hem.

  2. ….tá bom, mas de onde vem o dinheiro da Aeronáutica para pagar os vidros dos Palácios ?
    ….da Viúva…

  3. O PILOTO DEVIA SER CONDECORADO,MAS COM UMA SÓ MEDALHA POIS SÓ QUEBROU A VIDRAÇA.SE TIVESSE QUEBRADO MAIS COISAS OU TODO O PRÉDIO SERIAM DUAS MEDALHAS. UMA DELAS DE BENFEITOR DA HUMANIDADE.

  4. PODEM BRINCAR A VONTADE DE ACABAR COM O DINHEIRO DO POVO. DEVERIAM PAGAR DO BOLSO DELES, QUE VERGONHA NACIONAL, OU FALTA DE COMANDO DE UM GOVERNO PETISTA QUE SE PERDEU POR INTEIRO… O POVO PAGA SEMPRE A SOBRA DA BRINCADEIRA PRERESIdanta… DILMULA

  5. ESSA GRANA TINHA QUE SAIR DO SOLDO DO ALTO COTURNO DA AERONÁUTICA QUE AUTORIZOU O RASANTE! QUE PALHAÇADA ISSO…E LÁ SE VAI UM PEDAÇO DO ORÇAMENTO DA FORÇA ÁEREA PARA CONSERTAR VIDROS DO PODER JUDICIÁRIO. ISSO CANSA E ACABA COM A PACIÊNCIA DE QUALQUER UM. É UMA AVACALHAÇÃO MESMO! ESSA GRANINHA PODIA AJUDAR A SALVAR UNS CINDACTAS E AEROS COM UMAS REFORMINHAS BÁSICAS…

  6. -O piloto do caça Mirage, que ainda é considerado um dos caças mais rápidos do mundo, apesar de sua idade avançada, deveria soltar uma bomba e acabar de vez com esta vergonha do poder judiciário brasileiro…brincadeira….
    -Agora falando sério: se fosse apenas recuperar os vidros que foram quebrados não haveria um grande problema, mas se inventarem em reformar todo o edifício??? Quem pagaria a conta??? Seria feita uma licitação??? Coitada da Força Aérea…assumir mais uma conta, daqui a pouco não terá nem dinheiro para pagar o combustível dos caças…

Comente