Uncategorized

Aposta sobre o mensalão

A aposta é de um ex-ministro do STF:

— Para a frustração ser menor, é preciso avisar à população que os réus do mensalão serão condenados, mas ninguém vai ser preso.

10 Comentários

  1. Desconstruindo a versão da velha mídia, é natural, a imprensa conservadora enganou pbres leitores ao tentar dar um golpe. está caindo a ficha desses leitores, o jeito será procurar o PROCON.

    Pela primeira vez na AP 470, o ministro Joaquim Barbosa – relator do tema – solicitou a um dos defensores esclarecimentos acerca de IMPORTANTES dúvidas.

    Fica evidente que o fundo VISANET é composto EXCLUSIVAMENTE por recursos PRIVADOS e o advogado de Pizzolato dá uma autêntica AULA.
    Também é ESCLARECEDOR a comprovação de que PIZZOLATO nunca foi o representante do Banco do Brasil no Visanet (uma empresa privada).
    O perfeito entendimento do que ocorreu é fundamental para que as pessoas de boa vontade entendam o quanto de distorções existe na “denúncia” que Roberto Gurgel (Procurador Geral da República) apresentou. Joaquim Barbosa proporcionou aos demais magistrados a condição fundamental para esclarecer aspecto vital na AP 470.

    É óbvio que estamos constatando o quanto de tendenciosidade midiática ocorre na cobertura “jornalística” da velha mídia. É estarrecedor “ler” em alguns jornais exatamente o contrário do que ocorreu na sessão de 09/08/2012 do STF e este vídeo é a íntegra do fato. GOLPE NUNCA MAIS!

    COMPARTILHAR é o segredo da CIDADANIA PLENA.

  2. PROTEU DELA RUE Reply

    Somos (o Brasil) signatários do Pacto da Costa Rica, portanto, ninguém será preso. Sed Lex, dura lex, a Lei é dura, mas é a Lei.
    Desconheço o conteúdo dos autos, mas do que observei me parece que as provas são frágeis, a condenação é mais fruto de um sonho dos ataques midiáticos do que propriamente a preponderância dos elementos dos crime.

  3. Geraldo Martins Reply

    Seria uma forma de preparar a população pro pior? Eu digo, quem está em julgamento perante a opinião do povo é o STJ.

  4. Filet Mignon Reply

    Sonhei um dia que eu era brasileiro!
    Sonhei um dia que vivia em ium País de homens sérios!
    Sonhei um dia que existia lei em meu País!
    Não era sonho… Era um pesadelo.
    A cada dia que passa mais me fixo nos dizeres de Ruy Barbosa:
    De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto.
    Rui Barbosa

  5. Não sou formada em Direito, porém, percebo que a grande maioria dos juristas afirma que não existem provas que havia mesada para os deputados votarem de acordo com a vontade do governo. Acredito que com raras exceções, muitos serão absolvidos, esses poderão até processar àqueles que os acusaram publicamente, afinal inocentados pela Justiça, todas as declarações públicas passam a ser calúnia e difamação, passíveis de processo civil e criminal.

  6. salete cesconeto de arruda Reply

    Estão CONDENADOS há 7 anos sem sequer terem sido julgados!
    O que importa é que o GOLPE falhou! E vai continuar FALHANDO!
    Apesar dos MURDOCKOS e seus aliados.

  7. A mída conservadora fez de um caixa 2 todo esse alvoroço e agora a fraude caiu, prometeram e não entregaram

  8. Mas, ministro, isso já sabemos !
    Dizer isso é começar a se proteger do vexame, não é mesmo ?
    Quem vai preso é ladrão de galinha; ladrão do erário – pelo menos entre os magistrados – é aposentado com todas as benesses e garantias !

  9. Se não houve mensalão, não existe política no Brasil. Qualquer tolo sabe que os partidos vivem do dinheiro público, senão não haveriam essas coligações para colocar fulano, cicrano em cargos públicos. Esse país tornou-se uma vergonha, e o povo continua votando nessa gente ainda. Acorda Brasil!

Comente