Uncategorized

Greca recua e não bate

O prometido destampatório de Rafael Greca contra os governos instituídos na província não aconteceu. Seu marqueteiro, Cesar Setti, recuou. Ficou em amenidades. Há divergências sobre os motivos desse recuo. Uns dizem que foi por falta de tempo, outros a de que se iniciou o processo de composições para o segundo turno.

A última oportunidade para descer o porrete é no programa da noite. Depois, só daqui a dois anos, quando Cesar Setti pretende dirigir a campanha de Requião para governador. Até lá, sombra, água fresca e uma prebenda no Senado.

7 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    Os discípulos de belzebu que o aconselham tem um pé na candidatura de outro no segundo turno e devem tê-lo mandado ficar quieto.

  2. estratégia meu caro, pq bater agora se vai ter q apoiar depois ? melhor deixar zen para todos os lados.

  3. antonio carlos Responder

    O velho senador não parece estar nem um pouquinho preocupado com a chumbo que o apadrinho vai levar domingo. Hoje todo faceiro passeava com a mulher e um filho tranqüilamente no parque Barigüi. Mas tenha penha de n´so senador, esconda aquela pança horrorosa. E sabem que o cara passeou sem que ninguém lhe dirigisse nem um olharzinho sequer. Para quem sonha voltar ao palácio Iguaçu não é bom sinal. ACarlos

  4. Requião ainda consegue andar? Tá velho, caquético, é psicopata… Eta Maristela! Vai pro céu!

Comente