Uncategorized

Três de quatro ministros condenam Genoino e José Dirceu

Depois da condenação de Joaquim Barbosa e da absolvição de Ricardo Lewandowski para o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e o ex-presidente do PT José Genoino, mais dois ministros votaram.

A posição do revisor não foi acompanhada pelos ministros Luiz Fux e Rosa Weber, que condenaram Dirceu, Genoino, e o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares.

Os dois magistrados acompanharam integralmente o voto do relator Joaquim Barbosa, que na quarta-feira condenou oito réus por corrupção ativa.

Faltam os votos de outros seis. Para que um réu seja condenado ou inocentado, são necessários os votos de ao menos seis magistrados. O julgamento do mensalão continua na terça.

7 Comentários

  1. Wilson Catupirai Responder

    Mesmo condenado, não passará do semi-aberto. Muito teatro e pouco resultado. Mas, em relação ao que estávamos acostumados, é um avanço enorme.

  2. Sempre o mesmo, aquele que faz jus ao nome. Porem, após terminar o julgamento, ele não vai poder nem sair nas ruas.

  3. Este revisor tem que ser o proximo a ser julgado e ir pra cadeia. Tá ganhando quanto coitadinho pra falar tanta besteira.

  4. antonio carlos Responder

    Quem ouviu pela televisão o voto do ministro revisor acreditou piamente que era ele o advogado do seu Zé Dirceu. Só não chamou o cara de santo por verdadeiro milagre. Acredito que até o seu Zé ficou espantado de tamanha manifestação de consideração e apreço do ministro pela pessoa dele. Os advogados do seu Zé ficaram a perigo. ACarlos

  5. Trocando em Miúdos Responder

    O voto do ministro revisor, (Santo Deus), lembrou a velha piada onde o advogado de defesa pergunta ao réu na saída do cartório, onde fora absolvido: – Cara, você foi absolvido, você tá livre, e pode confessar: Afinal, você matou ou não matou o cara!
    Ao que o ainda surpreso e absolvido réu responde: – Depois de tudo aquilo que o senhor falou e mostrou lá, dotô, até eu tô em dúvida se matei ou não…

Comente