Uncategorized

Barbosa condena Duda Mendonça por lavagem de dinheiro no mensalão

Da Folha de S.Paulo:

O relator do mensalão no STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, votou pela condenação do publicitário Duda Mendonça e sua sócia Zilmar Fernandes por lavagem de dinheiro.

Barbosa ainda condenou parte do núcleo do empresário Marcos Valério e do Banco Rural por evasão de divisas.

O relator condenou o publicitário, responsável pela campanha vitoriosa de Lula à Presidência em 2002, e sua sócia pela participação em 53 operações ilegais de depósitos no exterior.

Na avaliação de Barbosa, os dois publicitários tinham conhecimento da remessas ilegais para a conta Dusseldorf de Duda Mendonça em Miami.

“Tanto Duda quanto sua sócia tinham conhecimento de que foram realizadas saídas ilegais, que contou com apoio do núcleo financeiro do Rural. Duda admite que a conta foi aberta em Miami e passou o número a Valério. Ele abriu a conta, informou a Valério para que este procedesse as transferências clandestinas”, disse.

De acordo com a denúncia do Procurador-Geral da República, o publicitário Duda Mendonça — responsável pela campanha vitoriosa de Lula à Presidência em 2002 — teria recebido R$ 11 milhões do esquema do mensalão, dinheiro não declarado à Receita.

Por essas 53 operações, foram considerados culpados por evasão de divisa: Valério, seu sócio Ramon Hollerbach, além da dona do Rural, Kátia Rabello eJosé Roberto Salgado, ligado ao banco. Cristiano Paz, outro sócio de Valério, Geiza Dias, ex-funcionária do empresário, e Vinicius Samarane, ligado ao Rural, foram absolvidos pelo ministro por falta de provas.

INOCÊNCIA

Duda e Zilmar foram inocentados por Barbosa de outra acusação de lavagem de dinheiro e também de evasão de divisas. O Ministério Público Federal pediu a condenação dos dois pelos saques em agência do Rural em São Paulo, que teriam somado R$1,4 milhão.

Para o ministro, apesar do saque na boca do caixa, não houve a intenção de ocultar a origem do dinheiro por Zilmar. “O objetivo final de Duda e Zilmar era o recebimento da dívida, decorrente dos serviços que prestaram”, disse.

Barbosa os inocentou da acusação de evasão porque os réus teriam cumprido a norma do Banco Central que obrigava que quem tenha conta no exterior declare os valores depositados no último dia útil do ano, se esse valor ultrapassar US$ 100 mil.

Duda e Zilmar, entretanto, movimentaram muito mais do que US$ 100 mil em 2003, mas retiraram esse dinheiro da conta Dusseldorf antes do dia em que o Banco Central obriga a declaração.

O revisor do caso, Ricardo Lewandowski, antecipou-se e disse que também absolve os dois de evasão.

Para ele, o Ministério Público falhou na acusação porque “não provou que esses valores” depositados no exterior foram sacados e ficaram à disposição dos réus em outra conta.

5 Comentários

  1. MUITO CRIATIVA ESSA FOTO DESTE corruPTo E PUBLICITÁRIOS DO pt “partido do trambique”. SERÁ QUE VAI PARAR NA CADEIA JUNTO COM O zéca diabo dirceu E O genuíno mensalão??

  2. Maria... Maria Responder

    Tá chegando a hora do PSDB/DEM!
    Joaquim já disse que não perdoa ninguém!
    Mas antes terá que dizer porque seguiu tudo o que disse GURGEL que libertou ESTUPRADOR DE CRIANÇAS, BANQUEIROS….para fugirem do Brasil enquanto passa na frente processo do PARTIDO DOS MAIS POBRES. Até lá a CASA GRANDE já o queimou pois eles não gostam de NEGROS. Joaquim só chegou lá graças às cotas criadas no governo do PT. Mas a vaidade o tomou e até pousou para revista do Policarpo do Cachoeira e em vez de coletiva deu exclusiva para a GLOBO que odeia POVO quando eles estão no poder.
    A globo só gosta de escravos e Joaquim ainda não percebeu isso.
    Quando acordar vai ser tarde.

  3. Fica frio, Duda! – Dois votos pela tua absolvição estão garantidos desde priscas eras: Lewandowski e Tóffoli!
    E currumalha petista ão esconde mais nada! Tá tudo liberado!

  4. Ah cara Maria Maria, o Joaquim chegou la por que estudou, tem força de vontade e nao é igual o Petist aTofolli que nunca passou em nada, que é um incompetenta e recebeu até o Título de “Homem sem Visão”do mês de Setembro. Abre o olho Maria Maria…..

  5. Se sacar este montante de dinheiro e remeter ao exterior sem pagar
    nada de imposto não representa crime, então para que o povão pagar
    tanto imposto nesta Terra Santa ???

Comente