Uncategorized

Ney Leprevost rebate provocações de Kielse

Indignado com as provocações que o deputado Cleiton Kielse, do PEN, soltou ontem durante sessão extraordinária da ALEP, Ney Leprevost emitiu comunicado à imprensa. Leia abaixo:

“COMUNICADO À IMPRENSA

Profundamente indigando com os crimes contra minha honra, com repercussão na esfera civil, praticados por um deputado destituído de qualquer credibilidade, venho a público esclarecer:

1. Não tive, e não tenho, nenhum vínculo com empresas concessionárias de pedágio;

2. Revi minha participação na CPI proposta (bem depois das eleições de 2010) pelo deputado que agrediu ao Poder Legislativo e a minha honra, porque me convenci que o intuito do referido propositor da Comissão era o de “criar dificuldades para vender facilidades”;

3. As contribuições a minha campanha eleitoral de 2010, as quais não tiveram qualquer doação de empresas ligadas as concessões de pedágio, foram declaradas a justiça e ao fisco, tendo sido aprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral;

4. Todas as doações recebidas de pessoas físicas ou jurídicas refletem a credibilidade construída ao longo de minha vida pública, pautada sempre pela ética e respeito aos paranaenses;

5. Nunca escondi o nome de nenhum doador de campanha, ao contrário dos que adotam a nefasta prática de CAIXA 2, apresentando prestações de contas com valores irrisórios;

6. Tenho profunda gratidão pelos que me ajudam nas campanhas eleitorais com seu voto ou contribuição de qualquer espécie, não necessitando esconder os nomes dos mesmos;

7. Doravante debaterei com o citado deputado nas barras do judiciário onde tenho certeza que a verdade sobre os fatos será restabelecida e que meu detrator será condenado pelos crimes que praticou e pela lesão moral a mim causada.

Em respeito a verdade,
Ney Leprevost
Cidadão Curitibano e Deputado Estadual”

8 Comentários

  1. sergio silvestre Responder

    Geramelnte os puros são mais comedidos.Existe bem mais coisas entre o ceu e a terra e os pedagios.

  2. Carlos Picheth Responder

    Estamos com você Ney Leprevost, e vamos se perfilar neste exército do bem contra as infundadas acusações. Seu currículo de excelentes serviços prestados à Curitiba e ao Paraná falam por si, e tenha certeza de que todas as pessoas que falei hoje sabem de seu caráter e estão ao seu lado.

  3. Osmario Martins Ribas Responder

    Conheço Ney e sua familia a mais de 40 anos e sei de seu caráter e honradez. Sempre agiu com transparência na politíca, por essa razão é o deputado mais votado da Capital. Há momentos na vida que é ncessário reagir e talvêz esse tenha sido o momento que Ney tenha se exaltado o que não lhe é costumeiro. Se saiu fora dos limites é por que foi provocado. E se foi atacado em sua honra e dignidade, agiu como qualquer homem de bem agiria. Deus ilumine a cabeça dos senhores deputados para que a paz volte a reinar na Assembléia Legislativa do Estado do Paraná .

  4. É o primeiro deputado da história do Paraná a enfrentar os Kielse. Só pela coragem já ganhou meu voto para o resto da vida. Mas deve cuidar de sua segurança pessoal, está lidando com bandidos.

  5. NÃO CONHEÇO NENHUM QUERO APENAS INVESTIGAÇÕES.
    NÃO PAGUEI MEU IPTU, SERÁ QUE O DEPUTADO VAI POR ISTO NA IMPRENSA INTEIRA, NÃO SABIA QUE EU TAVA COMETENDO UM CRIME

  6. geison dos santos Responder

    O deputado KIELSE, é o mais puro exemplo do resquício rançoso da velha guarda de políticos brasileiros , que ainda persiste na ATIVIDADE, cuja bandeira política se restringe ao velho jargão popular:

    “Quem não tem GRILO DE TERRA, quero dizer , telhado de vidro, que atire a primeira BALA, digo , que atire a primeira pedra”

  7. Não discuto questão de honestidade de ninguém, mais que os preços do pedágios tem que ser revisto isto tem. Novos caminhos sem pedágios pelas Prs como alternativa para quem não quer pagar.

Comente