Uncategorized

Fruet, Pupin e Edgar Bueno eleitos

6 Comentários

  1. Luis Carlos Break Responder

    Resta saber se o Prefeito eleito de Curitiba terá capacidade de segurar a gana petista pelos cargos na prefeitura ou se será mesmo um ventríloquo sentado na cadeira de Prefeito.

  2. Parreiras Rodrigues Responder

    O Jornal da Massa instalou estúdio no TRE.

    Nos minutos que assisti, Dona Ruth eufórica virando os olhinhos dizendo da vitória do petê em Curitiba.

    Menas, mulher, menas.

    O petê – enfatizo, náo existe. Deu lugar pro lulismo – pior.

    E é como o cara que nunca planta uma árvore, mas a chacoalha para colher as frutas que caem.

    Fruet ganhou às custas do seu próprio nome e a outros fatos e ocorrências havidas na campanha.

    A militância lulista manteve as bandeiras recolhidas durante um certo tempo. Dilma e Lula nem um pio a favor de GF – Ratão não gostaria. O casal ministerial mostrava os ares das suas graças, esporádica e encolhidamente.

    Cumprimente-se a si mesmo, prefeito GF e se lembre de quem escreveu: Eu me fiz por mim próprio.

    No geral, lulistas tem pouca coisa a comemorar no Paraná. Levou fumo em Maringá, em Ponta Grossa, em Cascavel. Onde chegou, chegou de carona.

  3. A A CASAGRANDE Responder

    FRUET NÃO NOS DECEPCIONE!!!!!!!!!
    VOTAMOS EM VOCE PORQUE O REQUIÃO E O BETO RICHA ESTAVAM APOIANDO O RATINHO. AGORA É TUA VEZ DE MOSTRAR QUE NÃO TEM O RABO PRESO COM NINGUEM . NÃO DEIXE O LADO CORRUTO DO PT A$$$$$$$UIR NADA NA PREFEITURA.

  4. A A CASAGRANDE Responder

    MELHOR DO QUE VER FRUET GANHAR É VER O GRUPO DO REQUIAO PERDER HIHIHIHIHIHIHIHIHIHI

  5. Parreiras Rodrigues Responder

    E aduzo: Comemorar carona é ghozhar com o mhembro alheio. E isso vale prá meio mundo.

    É hora de se pensar em reforma eleitoral.

    Coisa feia oposionista da base de governo se abraçando com oposicionista, cristão com comuna, liberal com conservador, por ai…

    E como disse o prof. Belmiro Valverde agora poquim, parar com esse negócio de cara se eleger às custas de quociente, de legenda, empurrado ou puxado por outros.

Comente