Uncategorized

Faltou uma nota de apoio a Lewandowski

Hostilizado na hora de votar.

Do Lauro Jardim:

Principal puxador de votos pela absolvição de mensaleiros, a popularidade de Ricardo Lewandowski não está das mais altas no momento.

Apesar disso, ministros do STF acreditam que os xingamentos que ele recebeu quando foi votar acabam por atingir, mesmo que de raspão, a instituição.

Alguns dos ministros entendem que Ayres Britto deveria ter feito uma nota de apoio ao colega hostilizado.

18 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    Isso é de uma estupidez radiante. Imagine se alguém pode levar a sério as manifestações das torcidas nos jogos, os xingamentos ao árbitro e às suas mães, entre outras idiotices típicas da malta reunida em bando. Se toda vez que um árbitro de futebol for xingado, a sua confederação for publicar um nota, vai faltar espaço nos jornais. Lógico que, se a manifestação da turba ignara chegar à violência, aí a coisa vira caso de polícia. O resto é o besteirol típico da mentalidade caipira.

  2. NOTA DE APOIO A LEVANDOWSKI:

    Obrigado por lutar por nós, mensaleiros, corruptos, lacaios do erário público, parasitas do governo federal!

    MUITO OBRIGADO!!!

    Kkkkkkkkkk…

  3. Sherlok Holmes Responder

    Negativo,
    Never
    Jamé
    O que ele merece é no minimo muitas vaias
    Se fosse honesto deveria se declarar impedido,
    Outro que merece mais que isso é o Tofoli
    Vaia pra eles…
    Porque corrupto tem que ir pra cadeia sim,
    seja a quadrilha do PT, ou,
    de membros do judiaciario, ou
    de ladrão de galinha, ou
    de qualquer ladrão.
    Assim vai uma vaiiiiaaaaa bem grauda para o Lewandoski e
    para o Tofolli também

  4. Da mesma forma, como lulla e zé dirceu, mais o resto da quadrilha de mensaleiros, também “acham” que merecem nota de repúdio aos magistrados que estão jogando-os na cadeia!
    No Brasil petista, o aético, o ilícito, o crime e a bandalheira mudaram de lugar na escala da moralidade.
    Tudo que era certo, virou errado; e o errado virou certo!

  5. Aliás, o Lewando… poderia ter sido protegido pela militância petista, a mesma que protegeu o zé e o genuino, os executivos do mensalão.

  6. Sinto muito, como instituição independente e séria, o STF está caminhando para o seu fim.
    Com as indicações da mulherzinha aquilo vai virar o quintal do pt, onde os criminosos como dicreu, lula e genoino terão passe livre para continuar com suas maracutaias, desvios e assaltos ao erário.
    O próximo indicado vai ser filho de um amigo. O piá tem 35 anos e como pode ter vivência jurídica suficiente para se integrar ao STF?
    É como escrevi antes, a mulherzinha vai bagunçar o país e o exercito nem armas tem para combater essa bandidagem.
    Quanto ao Leviandov$$$ki, mereceu sim ser vaiado e xingado.

  7. Bem… o que será que se poderia esperar de um ministro que sempre apoiou e defendeu as falcatruas PTistas? Muitas e muitas vaias para ele…

  8. Eduardo Pereira Responder

    Amigos quanta tristeza… Juiz bom é aquele que segue esse preceitos de voces? Ser independente e tentar fazer a coisa seria, sem circo, é que é vergonha? Ainda bem que o Brasil esta indo na contra mão do que voces acham correto. E mulherzinha é muito depreciativo… respeito para se conseguir é dificil e para a mulher no Brasil que tem que conviver com esse ttipo de pensamento mais ainda. E amigos , perdão: mas o julgamento de voces sobre o STF e um balde vazio da no mesmo. Não serve para nada. O bade pelo menso carrega alguma coisa…( e olha que voto no PT e não tinha “razão” para defender ninguem mas sou averso à intolerancia e à burrice )

  9. Geraldo Martins Responder

    Se fosse o BARBOSÃO seria aplaudido de pé, talvez seja pelo fato dele não estar vestindo uma camisa vermelha na hora de votar.

  10. Foi votar num local onde o Serra teve mais de 70% dos votos. Queria o que? Faltou prudência ao Ministro.

  11. Apesar da atitude incoerente do mesário que ocuoava uma função pública no momento da eleição este é,o,retrato da indignação com o ministro “LEVIAN-
    DOWSKI !!!

Comente