Uncategorized

Alvaro Dias pede para MP investigar caso Cachoeira

“Os dirigentes da CPI estão decretando o encerramento desta comissão parlamentar. Não há como fazer encenação. Os parlamentares que não querem prorrogar a CPI por 180 dias não estão aproveitando a oportunidade para recuperar a credibilidade do Congresso, e preferem percorrer um calvário de desgaste que afunda ainda mais o Poder Legislativo no conceito popular”. A afirmação foi feita pelo Líder do PSDB, senador Alvaro Dias, nesta quarta-feira (31/10), ao rechaçar, na reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito do caso Cachoeira, o acordo celebrado pelos partidos governistas para prorrogar a comissão por 48 dias. Leia mais e veja o vídeo

20 Comentários

  1. O que tinha que apurar ja apurou, agora e só entregar a policia Federal para algumas investigações complementares depois ao Ministerio publico Federal e finalmente irá para o Supremo que ira dar o veredito conforme o do mensalão, querer prorrogação de CPI é coisa do Alvaro mesmo, ele só para aparecer mais noventa dias na mídia que é o que ele sabe fazer muito, alias ultimamente é só o que faz.

  2. Nosso João Batista, continua pregando sozinho no deserto! – Desista, valente Senador Dias! – A praga petista alastrou-se! O mal disseminou-se por todos os canais! – A metástase petista tomou conta desse pobre país!
    Os idiotizados que hoje defendem essa quadrilha, chorarão lágrimas de sangue dentro de muito pouco tempo!

  3. fiscalde realeza Responder

    ESTE FALASTRAO ESTA FAZENDO TEATRINHO
    POIS OS ENVOLVIDOS ATE AGORA É TODOS DO PSDB E DEM

  4. PT/Lula não quer que descubra o MENSALÃO do PAC da Dilma e também sobre a DELTA que sustentou as falcatruas do governico do PT

    Muito Bem Alvaro Dias! o povo quer; faça isso por nós trabalhadores contribuintes desse governo sujo e absolutista

  5. Pergunta que não quer calar?

    Se os envolvidos são do PSDB e do DEM (como acima mencionado)e a mesa da CPI é composta na maioria pelo PT e base aliada, por que não prorrogar?

    Os donos da Delta e Sérgio Cabral estão loucos para prestar depoimentos, não é mesmo?

    Eles vão ficar deprimidos!

    É muita cara-de-pau desses petralhas.

  6. ##### VAI EM FRENTE SENADOR ####

    ##### ESTAMOS ESPERANDO EXPLICAÇÕES DO GOVERNADOR DO RIO SERGIO CABRAL. ATÉ AGORA BLINDADO PELOS “PETRALHAS” (AI TEM).

  7. Eduardo Pereira Responder

    É isso mesmo Pedro Rocha , o Marcondes Perilo e o Demostenes são do PT . eles se elegeram pelo DEM e pelo PSDB por acaso. Foi um cavalo de troia do Jose Dirceu mandou para lá.
    O ministerio publico e a PF tambem. Voce não sabia ? Pra fazer o oncurso tem que mostrar a carteirinha de filiado ao PT. E ate o Saci Perere é do PT ja que usa chapeu vermelho, sem falatr no Papai Noel que é PT desde o nascimento do Natal. .

  8. Eduardo Pereira Responder

    Agora falando sério Pedro Rocha, essa CPI ja têm 6 meses andando. Ja levanou uma porção de picaretagem Agora é fechar o tampo e mandar pro MP e pra PF continuarem os trabalhos. Torcer pra não cair de novo na mão do Gurgel e ele por na gaveta ou na do Gilmar Mendes e ele fazer como na operação contra o daniel dantas : mandar parar e dizer que ta t errado.
    E nossa prima-dona do senado fez a unica coisa que sabe fazer: correu pra imprensa pra tentar capitalizar um pouco e aparecer. .
    Besteira a nossa ficar perdendo tempo discutindo sobre esse ser humano tão incapaz de fazer alfgo de concreto pelo estadoque lhe dá o mandato.
    E melhor assumirmos que o Parana tem 2 senadores,, os dois do PMDB pois o terceiro é cafe-com-leite. So entra no jogo pra chorar e gritar…

  9. Eduardo Pereira Responder

    Amigos… a DELTA participou das obras da Linha Verde, mas como aqui não é Brasil e sim um lugar superior , govenado por pessoas do melhor quilate , provavelmente aqui não teve rolo…
    Estranho é que a grana acabou e a obra não… mas isso tambem deve ser culpa da Dilma…e do PT… que participou ativamente desses contratos e da gestão da obra.
    Esqueci uma coisa alguem pode me lembrar : qual o partido do Marcondes Perilo o honestissimo governador de Goais ? Não é o mesmo partido do Beto? Que coincidencia infeliz né…

  10. TEM GENTE QUE QUER VER ALVARO DIAS CALADO PARA NAO INVESTIGAR OS QUADRILHEIROS.NAO QUER SABER A VERDADE, SERÁ QUE TA ENVOLVIDO?OU GANHA SALRIO DO PT PARA FICAR DEFENDENDO????NÓS SÓ TEMOS O ALVARO QUE DÁ MURRO EM PONTA DE FACA PARA APURAR E SER OPOSIÇÃO A ESSE GOVERNO SEM VERGONHA NA CARA.CADA DIA APRONTAM MAIS NA CARA DE PAU MESMO.

  11. As coisas não são tão singelas assim, Eduardo! – O petê está com muita pressa de fechar o boteco! – Nada de concreto foi apurado até agora. Essa Delta é um vertedouro de divisas públicas desviadas para os quatro cantos do país;
    Que se punam todos! – Sejam lá de que partido forem; e por enquanto, só quem está se borrando, e colocando todos os imprevistos para que a coisa termine em pizza, é a turminha do petê.
    É só prestar atenção no dia a dia dessa coisa modorrenta, criada mais para certificar contratos e mais contratos fraudulentos firmados com essa quadrilha chamada Delta!
    Que vá tudo preso!

  12. Oposição tenta postergar CPI do Cachoeira para salvar Perillo.

    A oposição e a mídia não queriam a CPI do Cachoeira. Se empilharem tudo o que disseram sobre a proposta de investigação não passar de tentativa de Lula de se vingar do governador de Goiás, Marconi Perillo, e da revista Veja – apesar de operações da Polícia Federal mostrarem que a investigação era imperiosa –, a pilha alcançará vários metros.

    No intento de evitar a CPI, a oposição conseguiu plantar na mídia denúncias fajutas contra os governadores de Brasília, Agnelo Queiróz, e do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, de forma a intimidar o PT e outros partidos da base aliada do governo Dilma.

    Não rolou. O PT e aliados votaram rapidamente o requerimento de CPI, obrigando a oposição a assiná-lo para não passar recibo. E, ao aceitarem convocar Agnelo, os governistas deixaram a mesma oposição sem alternativa que não fosse aceitar a convocação de Perillo.

    As denúncias contra Agnelo e Cabral não passavam de vento. Os trabalhos da CPI mostraram que quem se envolveu mesmo com Cachoeira foram Demóstenes Torres e Perillo, além de figuras menores como o deputado tucano por Goiás Carlos Alberto Leréia.  Tudo isso ficou claro nos grampos da PF, que, sem a CPI, não teriam vindo a público.

    Vai daí que o senador, o governador e o deputado oposicionistas serão acusados pelo relatório final da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito, que, em seguida, será remetido ao Ministério Público Federal, de forma que este formule denúncia ao Supremo Tribunal Federal, o qual, segundo diz a mídia, passou a ser “duro com políticos”.

    Ainda que seja pouco crível que o STF, se o procurador-geral da República não engavetar o caso, venha a tratar uma eventual denúncia ao governador, ao senador e ao deputado oposicionistas, entre outros, da mesma forma que tratou o inquérito do mensalão do PT, essa possibilidade existe.

    Isso porque a CPI tornou público o envolvimento dos demos e tucanos de “alto coturno”, o que não aconteceria sem a investigação parlamentar. Dessa forma, Roberto Gurgel – ou o seu sucessor, que deverá ascender ao seu cargo no ano que vem – terá dificuldade de escapar de fazer a denúncia ao STF.

    A situação de Perillo, pois, é gravíssima. Há contra ele tudo o que não há contra o “núcleo político” da Ação Penal 470: uma montanha de provas materiais absolutamente inquestionáveis, tais como gravações comprometedoras, transações comerciais registradas, enfim, “atos de ofício” que não acabam mais.

    É nesse momento que a mídia tucana começa a espalhar que os governistas da CPI querem encerrá-la em 48 dias para não investigarem centenas de requerimentos feitos pela oposição. São cerca de 500 requerimentos para ouvir pessoas que não seriam apreciados nem em seis anos, quanto mais nos seis meses pretendidos pela oposição.

    É conversa, pois, que os governistas estejam querendo fazer a CPI “terminar em pizza” por quererem que os trabalhos sejam estendidos por mais 48 dias, tempo necessário para fazer um relatório final conclusivo. O que a oposição tenta é jogar para as calendas relatório que colocará Perillo no mesmo banco dos réus que os petistas ora ocupam.

  13. Parreiras Rodrigues Responder

    O Fiscal demora e quando volta, fala cotovelices.
    O povo de lá, aliás, deveria proibi-lo de se intitular seu Fiscal. Depõe contra a inteligência realezense.

    O senador Álvaro Dias cumpre as tarefas que lhes foram atribuidas pelos seus eleitores, eu no meio.

    E o Eduardo Pereira ignora que a Imprensa procura o líder da bancada de cada partido para reportar sobre qualquer situação política. Ele, o Álvaro, é requisitado pela Imprensa. Não corre atrás de repórter. Informe-se melhor sobre como funciona a coisa, antes de remedar o Fiscal de Realeza.

  14. Concordo com todos e informo que a escola de malandragem é dentro da sede do PSDB.Entrou no PSDB está matriculado para aprender todo tipo de malandragem e safadeza.

  15. Essa coisa quer prorrogar para tentar salvar o Perillo. ve se libera o comentário campana, a eleição já acabou!

  16. A petezada idiotizada quer porque quer, calar a boca do último político que não tem medo de ladrão e mensaleiro!
    Coitados! – Para cada Álvaro Dias derrubado, ressurgirão milhões e milhões de brasileiros com vergonha na cara e sede justiça!

Comente