Uncategorized

Atendidos, assentados desocupam prefeitura de Quedas do Iguaçu

Terminou por volta das 18h desta segunda-feira (5) a audiência dos 500 agricultores assentados de Quedas do Iguaçu com o prefeito Edson Jucemar Prado, o Jacaré (PP), para tratar da manutenção das estradas rurais do assentamento Celso Furtado, contratação de médicos e agilidade no atendimento prestado pelos postos e ambulatório do município, melhorias do transporte escolar, além de obras nas escolas municipais. Por conta dessa demanda, os agricultores se queixavam de descaso e de abandono da administração municipal. Eles protestaram ocupando instalações da prefeitura de Quedas do Iguaçu.


ESTRADAS RURAIS

O prefeito se comprometeu a levar ao município uma patrulha que ele afirma ter conseguido junto ao governo do estado para, durante o período de 30 dias, executar o cascalhamento dos trechos mais precários. Segundo ele, o maquinário deverá chegar até a próxima segunda-feira (12) e as obras serão realizadas ainda neste ano. A partir de janeiro, uma equipe de máquinas do município continuará os trabalhos e se instalará no assentamento Celso Furtado até a concluir a recuperação das estradas.

Segundo a assessoria de imprensa do INCRA-PR, entre 2008 e 2010, o órgão implantou 214,63 quilômetros de estradas vicinais no Projeto de Assentamento (PA) Celso Furtado, beneficiando 1.087 famílias. Um investimento de R$ 4,3 milhões. A manutenção dessas estradas é de responsabilidade do município.

EDUCAÇÃO

Como a pauta da área de educação é extensa, grupos técnicos com profissionais da prefeitura e lideranças do assentamento se reunirão ao longo da semana para tratar de cada tema específico: o transporte escolar, a ampliação das salas de aulas e obras nas escolas.

SAÚDE

O prefeito Jacaré também se comprometeu com os agricultores de contratar mais médicos e agilizar o atendimento no ambulatório municipal, principal ponto de consulta da população.

MOBILIZAÇÃO

Na semana que vem, as 30 lideranças que compõem a coordenação do assentamento Celso Furtado se reunirão para avaliar o cumprimento dos compromissos assumidos pelo prefeito Jacaré junto à comunidade. A reunião acontecerá na terça-feira (13) às 14h na sede da comunidade de Campo Novo. Caso avaliam que não houve avanços, os agricultores deverão retomar os protestos logo no dia seguinte e não descartam a possibilidade de voltar a ocupar a sede da prefeitura municipal.

Comente