Uncategorized

Motorista de acidente
na 376 vai responder por homicídio culposo

Caminhão e carros ficam destruídos após acidente na BR-376, na região de Guarauta, no Paraná (Carlos Junior/Folhapress).

Da Folha de S.Paulo:

O motorista do caminhão que bateu em sete veículos e matou sete pessoas ontem na BR-376, próximo à divisa entre Paraná e Santa Catarina, deve responder por homicídio culposo (sem intenção de matar). Ele foi detido e disse à polícia que o freio do caminhão, que transportava telhas, falhou.

O acidente ocorreu no município de Guaratuba (a 133 km de Curitiba), na descida da serra do Mar. Pelo menos dois carros pegaram fogo com o choque. Três dos sete mortos foram carbonizados. Além disso, sete pessoas ficaram feridas.

O caminhão que provocou o acidente se despedaçou, e o motorista, que sobreviveu sem nenhum ferimento, foi lançado para fora da pista. A cabine retorcida ficou na pista no sentido Paraná-Santa Catarina. Já a carroceria caiu numa ribanceira no sentido contrário da rodovia.

Por causa do acidente, a BR-376, principal ligação entre o Paraná e outros Estados do Sul do país, ficou completamente interditada por pelo menos duas horas. Filas de até 20 km se formaram na estrada. As pistas só foram completamente liberadas pela polícia às 17h40.

TESTEMUNHAS

Havia um pequeno acidente no local do acidente –que estava sendo sinalizado– antes do caminhão perder o controle. Segundo testemunhas, ele não parou no bloqueio e bateu em sete veículos –quatro carros de passeio e três caminhões.

O inspetor da polícia rodoviária Márcio Nascimento afirmou que os discos do tacógrafo do caminhão que causou o acidente estavam vencidos. “Pelo que se constatou, o motorista habitualmente trafegava em alta velocidade”, disse.

Juarez Rabelo viu o acidente e chamou de “absurda” a velocidade em que o veículo trafegava. Outra testemunha, Ivo Lopes, 62, disse que nunca viu algo igual. “Estou apavorado com o que vi.”

O motorista que causou o acidente está detido. Ele seria liberado se pagasse fiança de R$ 3.000 e poderá responder pelo crime em liberdade. Santos não tinha advogado até a noite de ontem.

4 Comentários

  1. Enquanto isso, o Carli Filho, que bêbado, a 190 km por hora no centro da cidade, colheu duas vidas no viço de sua mocidade, de forma absolutamente criminosa, não passou nem perto da cadeia!
    Enquanto o tempo passa, e a pena prescreve, ele passeia sua beleza, sua riqueza e seu prestígio pelas guarapuavas da vida!
    PQP! – E chamam isso de JUSTIÇA BRASILEIRA!

  2. NEIDE MARIA CORDEIRO Responder

    que tragédia… se este caminhão estava sem freio..porque este infeliz deste caminhoneiro não jogou o caminhão fora da pista.. ao invéns de jogar em cima de oito carros que estavam na fila… tirando a vida de sete pessoas…na minha opinião ele não estava sem freio devia estar sem reflexo nenhum… queria se matar que se matasse sozinho.. olhá quanta desgraça..e quanta tristeza causou na vida dessas famílias…ele deveria estar preso por homicio culposo com intenção de matar e nunca mas deveria ter sua carteira de habilitação.. é um louco .. perigo constante

Comente