Uncategorized

Israel ataca a Síria em primeira investida do tipo desde 1973

Daniela Kresch, O Globo

A guerra civil na Síria ecoa na fronteira do país com Israel. Pela primeira vez em quase 40 anos, desde a Guerra do Yom Kipur, em 1973, Israel lançou um míssil antitanques (o novíssimo modelo Tamuz) contra solo sírio depois de ser atingido, pela quarta vez em uma semana, por projéteis lançados do país árabe contra as Colinas de Golã. A troca de hostilidades tem o potencial de incendiar o Oriente Médio, principalmente se for acompanhada de bombardeios mútuos também na fronteira entre Síria e Turquia.

3 Comentários

  1. Alessandro Tadeu Responder

    As notícias que ecoam nos títulos dos jornais: ISRAEL ATACA SÍRIA.
    As notícias que ninguém se dá conta:
    “Israel lançou um míssil antitanques (o novíssimo modelo Tamuz) contra solo sírio DEPOIS DE SER ATINGIDO, PELA QUARTA VEZ EM UMA SEMANA, por projéteis lançados do país árabe contra as Colinas de Golã”
    E ainda, é bom que se diga, o “ataque” israelense é de TIROS DE ADVERTÊNCIA. Até porque, com a tecnologia dos judeus, se o objetivo fosse destruir algo ou alguém na Síria, já teria acontecido.

    E ainda há quem diga que os judeus controlam a mídia! Que piada.

  2. Um provérbio antigo, talvez possa ser analogia do fato:
    Se qualquer te perturbar ou ofender, perdoa, não sabe o que faz!

    Se voltar a te ofender, ou ameaçar, perdoa, foi um equívoco lamentável, mas perdoável.

    Se insistir uma terceira vez, destrua-o, pois te perseguirá sempre.

  3. Que covardia, chutar o cachorro morto da Síria. E o tal novíssimo míssil atingiu alguma coisa de valor? Não entendo estes israelenses, gastando munição boa em guerra ruim. Sou de origem árabe, com muito orgulho, mas não sou nem burro nem muçulmano. Mas perder tempo chutando cachorro morto, tenham paciência israelenses, isto não se faz. ACarlos

Comente