Uncategorized

Anvisa demite gerente que revelou fraude. Quem mandou ser honesto?

De Evandro Éboli, no Globo, via Reinaldo Azevedo:

A direção da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) demitiu semana passada o gerente-geral de Toxicologia do órgão, o engenheiro agrônomo Luiz Cláudio Meirelles, que havia denunciado casos de suspeita de corrupção e irregularidades na liberação de agrotóxicos. Em carta postada numa rede social, após sua demissão, Meirelles detalhou o episódio e contou que seis produtos foram aprovados mesmo sem avaliação toxicológica.

O ex-gerente afirmou que sua assinatura foi falsificada em documentos da Anvisa, e ainda sustentou que desapareceram os processos com suspeita de irregularidade. Ele relatou o caso à direção da agência em setembro. Nesta segunda-feira, depois de ser procurada pelo GLOBO, a Anvisa anunciou em nota que estava enviando as denúncias para serem investigadas pela Polícia Federal.

No início de agosto, após descobrir as fraudes, o próprio Meirelles suspendeu a tramitação dos processos de alguns produtos na Anvisa e proibiu a comercialização de dois deles, largamente usados como agrotóxicos em grandes plantações. Meirelles estava na Anvisa desde a sua fundação, em 1999, e organizou a gerência de Toxicologia. É funcionário de carreira da Fiocruz, para onde retornará, no Rio.

Segundo Meirelles, os problemas estavam relacionados à Gerência de Avaliação de Risco, subordinada a ele. O ex-gerente-geral solicitou à direção da Anvisa o afastamento do gerente dessa área, Ricardo Augusto Velloso. “Houve rompimento da relação de confiança exigida para o cargo”, contou Meirelles na sua carta. Mas, segundo o ex-gerente-geral, a direção da Anvisa demorou a tomar uma decisão.

“Graças a uma equipe que atua com firmeza, descobrimos o que ocorreu. O episódio está todo bem documentado, enviei para investigação interna para que a apuração siga seu curso. Pedi providências e cancelamos os documentos falsos que liberaram agrotóxicos. Mas não recebi qualquer orientação adicional da direção”, disse Meirelles ontem.

A exoneração de Ricardo Velloso só ocorreu este mês, depois que o Ministério Público Federal entrou no caso e pediu explicações à Anvisa. No dia 14, a Anvisa demitiu também Meirelles. A demissão foi aprovada por dois diretores. Outro se absteve. O ex-gerente afirma que o presidente da Anvisa, Dirceu Barbano, o informou de sua demissão depois de elogiar sua atuação.

8 Comentários

  1. Atenção servidores honestos no governo da presidANTA;
    Esta qualidade é inaceitável, então comecem a corromper , desviar e a se locupletar e muito provavelmente irão conseguir aumentos e promoções.

  2. justino bonifacio martins Responder

    A velha ANVISA de guerra que apoia os transgenicos dos venenos e pune os técnicos sérios.

  3. NUM PAÍS SÉRIO TODA DIREÇÃO DA ANVISA ESTARIA NA CADEIA,MAS O QUE PODEMOS ESPERAR DE UM GOVERNO QUE ATÉ HOJE NEGA A EXITENCIA DO MENSALÃO ?

  4. QUEM FOI O INCOMPETENTE NA GESTÃO PETISTA DO GOVERNO FEDERAL QUE NOMEOU UM DIRETOR HONESTO PARA CARGO TÃO IMPORTANTE ?!?!

    ISSO CONTRARIA TODA UMA POSTURA QUE HÁ ANOS VEM SENDO DESENVOLVIDA NESTE GRUPO QUE DOMINA A PRESIDÊNCIA DO BRASIL…

    ACREDITO QUE O VEÍCULO QUE DIVULGOU PRIMEIRAMENTE ESTA NOTÍCIA E O PROMOTOR QUE ACUSAR OS RESPONSÁVEIS POR ESTES CRIMES JÁ APARECERÃO RAPIDAMENTE NA LISTA DO “partido golpista”… Kkkkkkkk… Só rindo para não chorar!

Comente