Uncategorized

Cadeira vaga na Anvisa

Do Lauro Jardim:

Em crise
Na Anvisa, teme-se de que o escândalo da aprovação ilegal de seis agrotóxicos para serem postos no mercado sem passar pelas avaliações necessárias, dificulte a nomeação de um novo diretor de toxicologia.

O último, Luiz Cláudio Meirelles, caiu depois de levar o caso ao Ministério Público, sem consultar os superiores. Até agora, não apareceram candidatos ao cargo.

3 Comentários

  1. As Agências Reguladoras são um cabidão de empregos, aí só pode dar nisto, escândalos, incompetência e muita mas muita corrupção mesmo. E para que servem estas Agências, além de serem lugar para empregar amigos e apaniguados? Os apagões seguidos, que insistem teimosamente em se repetir, parecem não ter fim, e por quê? Porque nem a Agência Reguladora do setor elétrico, e nem o tal Operador Nacional do Sistema parecem não encontrarem solução para os sucessivos apagões. Sei que a solução não é do dia para a noite, mas é para quando então? Pois é, as tais Agências Reguladoras funcionam assim, na base da improvisão e da enrolação. ACarlos

  2. KIKO, sinto muito, mas voce está muito enganado quando fala em apagões. Apagões existiam na época do FHC, agora são pequenos problemas (semanais) pontuais. Não se esqueça, a presidANTA incompetente não gosta que digam que seu governo é falho e fajuto, por isso, não critique a ANTA, seus apagões e seus apaniguados.

Comente