Uncategorized

Henrique Pizzolato é condenado a 12 anos e 7 meses de prisão

Henrique Pizzolato é militante do PT, foi presidente do Sindicato dos Bancários em Toledo e da CUT no Paraná. Concorreu a vice-governador do Paraná (1994) e a vice-prefeito de Toledo (1996).

De Claudio Nogueira e Marcio Allemand, O Globo:

Com o ministro Joaquim Barbosa ocupando interinamente a presidência da Corte, o Supremo Tribunal Federal (STF) retomou o cálculo das penas de réus condenados no processo do mensalão. Nesta quarta-feira, o ex-diretor de marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato, foi condenado a 12 anos e sete meses de prisão, cálculo que, se não mudar, indica regime fechado. Pizzolato desviou dinheiro público para o esquema do mensalão.

3 Comentários

  1. Tinha que ser militante do PT. Cadeia é pouco, deveria ser pena de morte por roubar do povo. São essas nabas que detonam as empresas do povo se corrompendo e roubando. Ser execrável. É concursado ? E o Banco do Brasil o que tem a falar sobre ter essa quadrilha em seus quadros ?

  2. Petista na diretoria de banco estatal só podia dar nisso; desvio de dinheiro público.

  3. O BACAMARTE,VOCE É O CARA,CONCORDO PLENAMENTE,TODO PETISTA É B.O.( BOM PRA OTÁRIO ).

Comente