Uncategorized

Baralho do mensalão

Camelôs do Centro Cívico imitam os do Centro do Rio e estão a vender o “Baralho do mensalão”, lembra? São 54 cartas, cada uma com o nome de um “mensaleiro” (Zé Dirceu, Marcos Valério, etc.). Os camelôs anunciam assim: “Baralho do mensalão! Cada carta… um ladrão!”. Calma, gente.

13 Comentários

  1. klausrus@gmail.com Responder

    Ideia: Precisaria ser um baralho “tipo” SUPER TRUNFO! com cada um DELLES.

  2. 54 é o numero de Deputados Estaduais, assim podem aparecer os mensaleiros dos pedágios …

  3. Não jogo com um baralho desses nem que a “vaca tussa”, a bandidagem que está nas figuras é capaz de me roubar até neste jogo… hehehehehe

  4. kkkkkkkkkkkkkkkk…Muito bem posto

    MENSALÃO já foi agora é o PLANALTOGATE

    É tanto escândalo do PT que a gente não da conta
    Importante saber que o CORINGA é sempre o mesmo: Lula

  5. Imprensa brasileira acusa o governo, mas esquece que a PF é chefiada pelo Ministério da Justiça, que é o próprio governo. Nos tempos de FHC a PF não era livre para investigar. A Corrupta se esqueceu totalmente do Mensalão do PSDB e o STF vai deixar todos esses crimes do PSDB prescreverem, como prescreveu os do Raul Jungmann, do PPS. Trata-se de um ataque para desviar a atenção do povo brasileiro.

  6. Pena que ai tem alguns ainda que nao estao condenados. Uma hora dessas eles caem tambem…

  7. É, pelo jeito o baralho estadual e municipal não estará disponível tão cedo nos arredores do Centro Cívico… pelo menos enquanto a oposição brincar de oposição…

  8. Calma gente, segundo aquele apresentador do jornal da massa pela manhã, que mesmo vendo o bandido matando durante um assalto, jurava que o cara era inocente até o fim do julgamento. então por que afirmar que todos são ladrões, estes pelo menos não mataram ninguém. Não acreditam no absurdo da coisa, então perguntem ao Ogier, que só faltou pular no pescoço do companheiro de jornal. kiko

  9. Da até dó desses mensaleiros todos eles juntos não conseguiram roubar o que o PSDB roubou só na privatização do siatema telebras no tempo do FHC
    Pimente no olho dos outros é refresco.

Comente