Uncategorized

A cada sete horas, uma pessoa é assassinada em São Paulo

Do Lauro Jardim:

O Instituto Avante Brasil, que estuda a violência no país, analisou o número de assassinatos na cidade de São Paulo, de janeiro a outubro deste ano, e descobriu que a cada sete horas e 34 minutos uma pessoa é morta na capital.

O número de tentativas de assassinato é ainda maior. Elas acontecem a cada sete horas e um minuto.

Os dados ainda revelam outras facetas da criminalidade na cidade.

Uma pessoa é estuprada a cada três horas e dezoito minutos.

Os roubos de veículos acontecem a cada quatorze minutos e quinze segundos.

Fora os carros, uma pessoa é roubada em São Paulo a cada cinco minutos e 29 segundos.

Entre as chagas da violência paulistana, a que acontece com maior frequência é o furto. A cada três minutos e doze segundos algo é subtraído de seu dono.

5 Comentários

  1. E no Paraná? Dado o fato de que ocorreram 10 mortes violentas em São Paulo e Região Metropolitana neste fim de semana – e a população lá é de cerca de 20 milhões de habitantes. Na contra partida em Curitiba e Região Metropolitana, com população de menos de 4 milhões de habitantes ocorreram 7 mortes violentas.
    Basta fazer as contas.

  2. Olha só! Não chega a 4 pessoas por dia então. Com uma população de mais de 12 milhoes de pessoas, maior que todo o Estado do Parana. Então o que esta acontecendo aqui em Curitiba?

  3. sergio silvestre Responder

    Curitibae região metropolitana com pouco mais de 3 milhões de habitantes,já chegou a 1500 assassinatos por ano,media de quatro por dia.Nem regiões explosivas como a palestina e israel que vive em guerra tem tantas mortes violentas.

Comente