Uncategorized

Celso de Mello adoece e sessão sobre a cassação de mandatos é cancelada

Do Claudio Humberto:

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, não comparecerá ao plenário nesta quarta-feira (12) e a sessão do mensalão foi cancelada. Mello não está se sentindo bem, com um quadro de febre e gripe. Com esse imprevisto, a decisão sobre a cassação dos mandatos dos deputados condenados no mensalão é adiada mais uma vez. O decano é o único voto pendente e definirá a questão, que está empatada em quatro a quatro. Sem a presença dele, os ministros decidiram cancelar a sessão de julgamento do mensalão.

5 Comentários

  1. Nestas horas da até dor de barriga, vamos criar vergonha e decidir isto logo. Acho que ninguém deve ter o rabo preso com estes políticos, ou tem?

  2. Stanley Burburinho revelou o voto do Ministro Celso de Mello no seu Twitter, em um caso parecido no ano de 1995, onde o ministro afirmou que num Estado Democrático a cassação do mandato de um parlamentar, em ocorrendo condenação penal transitada em julgado é tarefa do Congresso Nacional e não do STF.

Comente